Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

No SUS não há privilégio, diz Santa Casa sobre confusão com deputada

06 junho 2016 - 16h00

Sobre o caso do filho da deputada Grazielle Machado (PR), que acabou virando ocorrência policial neste domingo (5), a assessoria de imprensa da Santa Casa informou que, no SUS (Sistema Único de Saúde), “o atendimento é igual para todos”. A parlamentar se envolveu em confusão depois de procurar atendimento para a criança no hospital, parou o carro em uma vaga destinada a ambulâncias e tentou quebrar o protocolo de acesso ao local.

Ainda de acordo com o hospital, os funcionários envolvidos na contenção do marido da deputada, Herlon Zaparoli, também registrarão boletim de ocorrência e um deles – que teria sido atingido por um tapa próximo à orelha – passou por exame médico que mostrou agressão. 

A informação dos funcionários é de que a deputada teria entrado com a babá no Pronto Socorro para atendimento da criança e o marido teria tentado entrar junto, excedendo o limite de acompanhantes, imposto para que o trabalho dos médicos não seja prejudicado. Impedido de entrar, Herlon teria se exaltado.

Ao Campo Grande News a deputada desabafou: “Perdi o direito de ser gente por ser deputada”. Ela chegou ao hospital com o bebê com quadro de diarréia e vômito e conta que recebeu uma senha de cor laranja, que indica a gravidade do caso.

Grazielle, que divulgou em seu Facebook um vídeo para relatar a confusão, conta que estacionou o carro na vaga que é destinada a ambulâncias e quando o funcionário do hospital a questionou, ela alega que falou “em voz baixa” que o carro dela é oficial por conta de seu mandato legislativo. “Escutei várias pessoas dizendo ‘só porque ela é deputada isso está acontecendo’”, disse Grazielle.

O autônomo Izaias Pinho, 56, que também aguardava no Pronto Socorro no momento, tirou sua conclusão: “Ela chegou achando que é melhor que todo mundo. Inclusive, eu disse: a senhora não é melhor que ninguém, tem de esperar como todos”. Ele relata que três seguranças impediram a entrada de Herlon.

 

Via: Campo Grande News

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Bolsonaro tem alta e deixa hospital em São Paulo
WWF-Brasil lança concurso de fotografia para destacar as belezas naturais do Pantanal e da bacia do Alto Paraguai
Violência por dizer “não” ao ex-namorado fez Ana largar tudo e sair pelo mundo
Dica da semana: "O Homem que Viu o Infinito"
MS registrou 2.070 focos de calor em setembro, segundo dados do Inpe
Em 12 horas, queimadas destruíram 200 hectares em Bodoquena
Sem poder doar medula para Calebe, mãe quer alguém compatível para livrar seu filho da leucemia
Mato Grosso do Sul é o segundo no País com mais abates de bovinos
Homem leva mordida de cão, exige desculpas do vizinho e denuncia crime em MS: 'Coloca vinagre que é bom'
Marido quer que mulher aborte bebê só porque é uma menina