Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Município capacita médicos e reordena ações para pleno funcionamento do SUS

11 maio 2017 - 11h53Por Assessoria de Comunicação da PMC

Nos quatro primeiros meses da gestão do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, Corumbá já pôde observar alguns avanços na área de Saúde do Município. Restaurações estruturais em Unidades Básicas de Saúde, oferta de capacitação a médicos estrangeiros, abertura de plantão no atendimento básico à noite e projetos para serem implementados nas próximas semanas são algumas das ações e inovações conduzidas pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio de suas gerências.

 

Com o objetivo de melhorar o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS) no Município, a escolha das gerências foi realizada com rigoroso critério técnico, conforme o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite. Foram escolhidos profissionais que conhecem bem a essência do SUS com o intuito de oferecer melhor atendimento da saúde em Corumbá.

 

O secretário observa que todas as equipes foram readequadas e o prefeito Ruiter autorizou o chamamento dos profissionais aprovados em concursos realizados em 2014 e 2015. Com isso, algumas equipes em que estavam faltando médico e enfermeiro, por exemplo, já estão funcionando em sua totalidade.

 

“A saúde tem uma necessidade infinita, porque o processo de saúde e doença das pessoas é infinito. Para todos os dias, todos os horários, temos algo positivo e algo negativo com relação à área da saúde, mas o que motiva mesmo é o trabalho que esses gerentes estão fazendo e passando para os profissionais da saúde que estão na ponta, exercendo seu trabalho como servidor público. O grande segredo de tudo isso foi a escolha desses gerentes e a valorização que eles estão dando aos profissionais”, explica Rogério.

 

Capacitação de profissionais estrangeiros

 

Para que o cidadão confie ainda mais no trabalho desenvolvido por médicos oriundos do programa Mais Médicos, do Ministério da Saúde, o Município está oferecendo capacitação a esses profissionais. Com isso, espera-se que a população acredite mais no trabalho desenvolvido por eles, a fim de desafogar todo o sistema, tanto de especialidades quanto de urgência e emergência. Foi solicitado ao Ministério da Saúde que, no horário de folga desses médicos, nas tardes de terças e quartas-feiras, eles recebam atualização.

 

“O Ministério autorizou e os médicos estão tendo aulas nesses horários sobre todas as grandes áreas da medicina, como ginecologia e obstetrícia, com os principais profissionais da cidade que são referências em suas áreas”, afirma Rogério, acrescentando: “Eles recebem capacitação para fazer o pré-natal, a puericultura, atendimento ao recém-nascido, à criança até 12 anos, atendimento ao idoso, e sobre vários programas da nossa rede de saúde como o HiperDia, de controle de hipertensão e diabetes e problemas de endocrinologia, por exemplo”.

 

Ainda de acordo com o secretário de saúde, todo o serviço de encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde para os especialistas está sendo protocolado para que as filas diminuam. “A capacitação mais esses protocolos de consulta servirão para que tenhamos a dimensão dessas filas e consigamos atender todos os usuários o mais rápido possível”, completou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura encaminha imigrantes e pessoas em situação de rua ao mercado de trabalho
França abre investigação para apurar ataque com faca em Paris
Universidade oferece tratamento gratuito a pacientes com sequelas da covid-19
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia
Ocupação de UTIs tem risco baixo em 17 estados e crítico no Rio e GO
Focos de calor no Tocantins seguem padrão do clima, diz Defesa Civil