Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

MS sai da lista de estados com suspeita de febre amarela

01 fevereiro 2017 - 14h39

O Ministério da Saúde retirou Mato Grosso do Sul da lista de estados com casos suspeitos de febre amarela. A informação foi divulgada no site do órgão nesta terça-feira (31).

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, Mato Grosso do Sul deixou a lista depois que a SES enviou ao Ministério da Saúde a informação que o paciente com suspeita de ter contraído a doença no estado sul-mato-grossense passou também por São Paulo antes de apresentar os sintomas.

Ainda segundo a secretaria, o ministério aguarda o resultado do exame que vai comprovar ou não se o paciente tem febre amarela. Caso a confirmação aconteça, aí sim, será investigado em qual estado a doença foi adquirida.

Caso suspeito
O caso suspeito de febre amarela contraída em Mato Grosso do Sul se trata de um morador de Blumenau (SC), de 39 anos, que visitou Bonito (MS) entre os dias 25 de dezembro de 2016 e 3 de janeiro, segundo a Secretaria do Estado de Saúde. Se confirmado, este será o primeiro caso no estado.

O caso foi notificado pela Secretaria Estadual de Santa Catarina. De acordo com o órgão sul-mato-grossense, o paciente começou a sentir os primeiros sintomas no dia 15 de janeiro, em Blumenau. Na cidade catarinense foram realizados exames para confirmação de leptospirose – que deu positivo – e febre amarela. Os exames estão sendo realizados pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

Casos no país
O Ministério da Saúde informou que até segunda-feira (30) foram notificados em todo país 568 casos suspeitos da doença. Do total, 430 continuam sendo investigados, 107 foram confirmados e 31 descartados. Das 113 mortes notificadas, 46 foram confirmadas, 64 são investigadas e 3 descartadas. (G1 MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pelo segundo ano, Amazônia será tema de Bolsonaro em discurso na ONU
Senado: sessão semipresencial sabatina e aprova novos embaixadores
Poluição causada por ônibus cai mais de 50% durante a pandemia em SP
Vila Nova derrota Imperatriz pela Série C do Campeonato Brasileiro
Covid-19: Inglaterra fechará bares e restaurantes às 22h
Polícia cumpre mandados de prisão contra suspeitos de tráfico no Rio
Fed explicará ao Congresso dos EUA ações contra a pandemia
Pesquisa diz que rio Tietê tem 150 km de água imprópria para uso
Rússia registrará segunda vacina contra covid-19 até 15 de outubro
Caixa paga auxílio residual para beneficiários do Bolsa Família