Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Da infância à velhice: Novembro Azul de MS foca na saúde integral do homem

08 novembro 2019 - 11h45Por Agência Brasil

Foi lançada na semana passada na SES (Secretária de Estado de Saúde) a campanha Novembro Azul. Em Mato Grosso do Sul, a campanha deste ano será focada na saúde integral do homem, desde a infância até a velhice.

Normalmente, a campanha tem foco na prevenção ao câncer de próstata, mas segundo a gerente estadual de Saúde do Homem, Maria Jesus Viana, em MS os índices da doença não são tão agravantes. “Porque hoje em dia não é só a saúde do homem idoso que sofre, mas das crianças também. Tem meninos de nove anos se suicidando, então não podemos ter esse recorte de idade na campanha”.

Maria Jesus lembra que o câncer de próstata deve sim ter atenção dos homens. “É importante sim dar atenção, mas não é o que prevalece no estado”, ressalta.

A gerente de Saúde do homem disse que o estado está trabalhando nessa campanha seguindo as mesmas diretrizes da campanha do Ministério da Saúde. Maria Jesus destacou que a diferença é que a campanha de MS é focada na saúde integral do homem.

Outros cuidados

A gerente citou algumas das outras doenças e fatores que atingem os homens. “Sistema digestivo, respiratório e circulatório, por exemplo. Além disso o cuidado com a saúde do homem também deve levar em conta os fatores  externos, como violência e acidentes”, comentou.

Segundo ela, em MS são mais de 13 mil homens são internados por consequência de violências ou acidentes. A gerente ressalta ainda que quando esses homens sobrevivem, ficam incapacitados. Outra preocupação do Novembro Azul é com os casos de suicídio.

O suicídio é uma das maiores epidemias no dia de hoje e preocupa muito a saúde do homem, porque a maioria dos casos de suicídios estão entre homens”, revela. A gerente disse ainda que mesmo com as altas taxas de tentativas de suicídios na população feminina, são os homens que concretizam a morte auto-provocada.

Maria Jesus Viana comentou que com relação a saúde do homem, a população masculina de MS se destaca com os cuidados no período paternidade. Segundo ela, a abordagem é feita com mais eficácia nos momentos em que os homens, principalmente os jovens, acompanham as mulheres no período de gravidez e pós-parto. 

O municípios vão desenvolver ações com focos nesses temas, a atenção será voltada para doenças prevalentes nos homens sul-mato-grossenses, em qualidade de vida e no incentivo à prática de exercícios físicos. 

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Emenda Constitucional da reforma da Previdência é publicada
Oferta de emprego que veta 'negras e gordas' vira caso de polícia
Vítima de tráfico de pessoas, brasileira conta como escapou de cárcere privado nos EUA
'Mãe, não chora não, mãe', disse menina de 5 anos após ser baleada
‘Casal Grávido’ realiza roda conversa com profissionais da saúde para dialogar sobre gestação
Assassino de vendedor é primeiro beneficiado em MS por decisão do STF sobre 2ª instância
Com produção de chapéus e artefatos em couro, parceria da Agepen garante trabalho e remição na pena a detentos
Estudantes de Corumbá produzem contos com histórias fantásticas durante Oficina no Fasp
Em MS, dos 79 prefeitos eleitos, apenas 16 são pretos e pardos, diz IBGE
Aos 16 anos, campo-grandense concorre prêmio de R$20 mil com vídeo que fez no celular