Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

ALMS aprova em 1ª projeto nacional para imunidade tributária a hospitais

10 outubro 2019 - 11h00Por Assessoria ALMS

Deputados estaduais aprovaram em primeira discussão, na sessão desta quarta-feira (9), o Projeto de Resolução n.º 49/2019 que acrescenta emenda a dispositivo constitucional para conceder imunidade tributária a hospitais públicos, unidades básicas de saúde e de pronto atendimento.

O projeto altera o parágrafo 7º do artigo 195 da Constituição Federal, incluindo as unidades de saúde entre as entidades beneficiadas pela isenção sobre a contribuição para a seguridade social. A proposta é de autoria do deputado Marçal Filho (PSDB) com coautoria de Antônio Vaz (Republicanos), Cabo Almi (PT), Coronel David (PSL), Jamilson Name (PDT), Lidio Lopes (Patri), Neno Razuk (PTB), Pedro Kemp (PT) e Renato Câmara (MDB).

Na justificativa, o autor explicou tratar-se de movimento nacional das assembleias legislativas encabeçado pela Casa de Leis de Santa Catarina, com o intuito de assegurar a destinação dos recursos da saúde sem tributação. Se for aprovado em segunda votação, o projeto será encaminhado às demais 26 assembleias do País. Caso consiga aceitação em 14 parlamentos, seguirá em forma de PEC (Proposta de Emenda Constitucional) para a Câmara dos Deputados.

“Hoje, os hospitais filantrópicos brasileiros que fazem pelo menos 60% dos atendimentos pelo SUS têm direito a imunidade fiscal sobre a seguridade social. Já os hospitais públicos, postos de saúde e Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), mesmo atendendo integralmente pelo SUS, não recebem o mesmo benefício”, diz justificativa da proposta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá tem mais 15 positivos, e totaliza 44 casos de Covid-19
CNC: confiança do empresário do comércio cai 20,9 de abril para maio
Municípios aderem a repasse para ajudar Sistema de Assistência Social
Vacinação contra H1N1 é prorrogada para público de todas as fases
Contribuinte ainda pode destinar parte do Imposto de Renda para o CMDCA
Vereador diz que 54% das mortes de covid-19 são de pretos e pardos
Exposedcg: denunciado por estupro no Twitter procura a delegacia e relata calúnia
Com 33 novos casos, Dourados supera Campo Grande e já tem maior número de Covid-19 em MS
Coronavírus chegou ao Brasil pela Europa, América do Norte e Oceania
Rio de Janeiro começa reabertura gradual das atividades