Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Ex-gerente do BCN condenado a 132 anos de prisão é executado na fronteira

13 setembro 2019 - 08h25Por Campo Grande News

O empresário e ex-gerente do banco BCN de Ponta Porã, Elesbão Lopes Carvalho Filho foi executado a tiros em sua residência, no Bairro Santa Izabel em Ponta Porã, cidade a 323 quilômetros de Campo Grande.

 

As informações iniciais são de que o criminoso invadiu o imóvel, atirou na cabeça do empresário e logo em seguida fugiu. Policiais militares, peritos e a Polícia Civil estão na residência e ainda não há mais detalhes sobre o caso.

Elesbão era proprietário de uma casa das embalagens na cidade, mas já havia sido condenado a 132 anos de prisão pelo então juiz federal Odilon de Oliveira, no ano de 2004. Entre 1992 a 1997 Elesbão autorizou aberturas de contas em nomes de fantasmas e laranjas, na agência do BCN em Ponta Porã.

Foram 29 contas abertas, por onde foram desviados R$ 3 bilhões. Os desvios vieram a tona em grandes escândalos de corrupção no país, mas os verdadeiros donos das contas não foram descobertos.

Viaturas policiais próximas do local onde a vítima foi executada. (Foto: Direto das Ruas) Viaturas policiais próximas do local onde a vítima foi executada. (Foto: Direto das Ruas)

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

Rapaz agride ex com joelhadas e socos ao se irritar com choro da filha
Na Itália há um mês, família campo-grandense conta como é viver em meio ao surto do Coronavírus
Hospital com suspeito de coronavírus tem 6 leitos de isolamento
Bandidos mascarados arrebentam porta de vidro e levam cofre de mercado
Condomínios de luxo deixam de ser “fortalezas” e viram alvos de ladrões
Após ladrão levar fios, pacientes voltam para casa sem exames e consultas
A Pesada e o Bloco Vitória Régia são os grandes campeões do Carnaval de Corumbá 2020
Corumbá esta tomando medidas referente ao Novo Corona Vírus Natalia Leal Capille Serra 26 de fevereiro de 2020
Mulher flagra marido na cama com amante e ele acaba preso com faca
Suspeito de roubo morre durante perseguição policial na fronteira