Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Prefeito Alcides Bernal guarante depósito de 2,8 milhões a Solurb para pagar funcionários

09 outubro 2015 - 20h44

A Prefeitura de Campo Grande informou que já realizou o depósito no valor de R$ 2.883.146,00, que deve ser usado para o pagamento dos salários e tickets dos funcionários da Solurb, empresa responsável pela coleta e tratamento de lixo na Capital. O Executivo encaminhou o comprovante bancário, para reforçar a informação.

O TRT (Tribunal de Regional do Trabalho) concedeu liminar favorável ao Steac (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso do Sul), determinando que a Prefeitura de Campo Grande deposite, em juízo, o valor de R$ 2,8 milhões, correspondeste ao pagamento dos salários e tickets dos funcionários, no prazo de 24 horas.

Na quarta-feira (7), o sindicato entrou com uma ação na 4ª Vara do Trabalho de Campo Grande, pedindo o pagamento imediato dos tickets e dos salários, que venceram no dia 1º e 7, consecutivamente. Devido ao não recebimento dos benefícios, a categoria decidiu paralisar os serviços, ainda na noite de terça. A greve é a segunda em menos de um mês.

Durante a noite de ontem, mesmo sem receber, cinco equipes com quatro coletores em cada, foram liberadas para realizar a coleta na região central de Campo Grande. O lixo hospitalar, infectante e não infectante, continua sendo retirado normalmente. Ainda segundo o sindicato os funcionários só voltarão ao trabalho depois da confirmação do depósito.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Renda Cidadã: Bolsonaro nega desejar reeleição e diz estar aberto a sugestões
PF detém secretários de Barbalho por suspeita de desvios na Saúde
Homem morre durante visita a academia no Aero Rancho
Ipea: renda dos mais pobres foi 32% maior que o habitual em agosto
Corpo é encontrado às margens da MS-160
Combate às queimadas no Pantanal ganha reforço de 120 brigadistas e bombeiros
Familiares de gêmeos mortos com 13 tiros são ouvidos e polícia procura por assassinos
Em Coronel Sapucaia, obras de recapeamento vão custar R$ 2,2 milhões
Com ressalvas, deputados aprovam mudanças no plano de aplicação dos recursos do Fundersul
Fogo se alastra em reserva no Pantanal, moradora corre e consegue salvar galinhas