Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Ex-Governador de Mato Grosso do Sul é condenado por improbidade administrativa

16 agosto 2016 - 14h48

A 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos acolheu e reconheceu a prática de improbidade administrativa que foi pedida pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio da 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social, em face de José Orcírio Miranda dos Santos, Ronaldo de Souza Franco, José Elias Moreira e Etsuo Hirakawa.

Na Ação Civil Pública, o Magistrado Marcelo Ivo de Oliveira impôs multa civil em desfavor dos requeridos no equivalente a duas vezes o valor de suas últimas remunerações mensais à época (dezembro de 2006), revertidas ao Fundo de Defesa Reparação de Interesses Difusos Lesados, além da suspensão dos direitos políticos dos requeridos pelo prazo de 03 (três) anos, e também a proibição em contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo prazo de 03 (três) anos. 

 

Fonte: ASSECOM MPMS 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Araújo diz que declarações de Pompeo foram alvo de má tradução
Salles inspeciona áreas em Mato Grosso atingidas pelo fogo
Operação Covid-19 mobilizou quase 30 mil militares em seis meses
MP e Volkswagen firmam acordo para reparar violações no regime militar
CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio
Senador conquista R$ 38 milhões da União para MS
Áreas de biomas brasileiros caíram 8,34% entre 2000 e 2018
Ministra diz que "culpar homem do Pantanal" por incêndios é injustiça
Advogado preso tentando entrar com droga no presídio assina termo e volta para casa
Rapaz é morto ao tentar defender mãe de assalto em lanchonete