Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Domingos sugere abertura em canteiro na Candelária para atender SAMU

17 abril 2017 - 14h56Por Fonte:Assessoria de Comunicação da Câmara

Para maior rapidez no atendimento prestado pelo SAMU, o vereador Domingos Albaneze Neto (PV), está solicitando à Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat), a abertura do canteiro central da Avenida Nossa Senhora da Candelária, em frente ao prédio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

“Na Candelária existe o canteiro central e em frente ao prédio do SAMU, ele é contínuo. É preciso que seja aberto para facilitar as saídas das ambulâncias do SAMU, principalmente quando o atendimento ocorre na região central da cidade”, pediu. “Hoje, quando a chamada é para atender o centro ou outros bairros localizados na parte baixa da cidade, as ambulâncias são obrigadas a utilizar vias do Bairro Universitário. Pela Rio Branco é mais ágil. A abertura do canteiro vai facilitar a saída e entrada das ambulância”, concluiu.

O vereador também está solicitando a conclusão da passarela da Rua Quinze de Novembro, sobre a rede ferroviária, no Bairro da Popular Velha. Ele cita que a obra foi iniciada, mas que não foi concluída, prejudicando a acessibilidade dos moradores daquela região.

Em outro requerimento, Domingo solicitou ao prefeito Ruiter Cunha, com cópia para o comandante da Polícia Militar, tenente coronel Cézar Freitas, um policiamento mais efetivo na região da UPA 24 Horas do Guató. Ele quer saber a possibilidade de ser instalado um posto policial no local.

Outra solicitação do vereador ao prefeito Ruiter Cunha; ao presidente da Funec, Marcelo Iunes, e ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Ametlla, se refere à implantação de alambrado na lateral do campo de futebol da praça na Popular Nova, para maior segurança das casas e das pessoas que residem na região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia
Ocupação de UTIs tem risco baixo em 17 estados e crítico no Rio e GO
Focos de calor no Tocantins seguem padrão do clima, diz Defesa Civil
SP fecha último hospital de campanha para tratamento de covid-19
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
SP subsidia compra de computador para professor da rede estadual