Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Veterinário é autuado por manter macaco-prego ilegalmente e tem clinica interditada

12 setembro 2019 - 08h35Por MidiaMax

Através de uma denúncia, uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Dourados, autuou na tarde desta terça-feira (10), um médico veterinário de Ponta Porã, a 348 quilômetros de Campo Grande, por manter um macaco-prego de forma ilegal em sua clínica que foi interditada.

De acordo com as informações, os policiais foram acionados pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de Ponta Porã e no local o médico e proprietário da clínica disse que o animal seria de uma paciente paraguaia, mas se recusou a identifica-la.

O animal foi apreendido e encaminhado ao CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) de Campo Grande, e o médico foi autuado e multado em R$ 500 e teve sua clínica interditada pelo CCZ. Ele deve responder por crime ambiental com condenação de seis meses a um ano de prisão.

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Homem é preso suspeito de estuprar dois adolescentes em chácara
Senadora de Mato Grosso do Sul tem número de celular hackeado
Ladrão é preso por moradores após roubar celular de mulher
Aos 15 anos, nadador de MS embarca para Lima em busca de medalhas
Grupo na Base Aérea de Anápolis pode sair da quarentena antes do prazo previsto, diz Ministério da Saúde
Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas de motim da Polícia Militar
Prefeitura entrega uniformes e solidifica ciclo de investimentos na Saúde, Cultura e Educação
Vila Mamona faz reedição de samba e relembra sua 1ª vitória
Denunciado por crime de ódio é citado após MPMS dizer que ele ‘fugiu’ por meses
Secretaria de Saúde faz no dia 27 audiência pública para apresentar relatórios do 3° quadrimestre