Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Peruano e boliviano são presos por tráfico internacional de pessoas na região de fronteira com o Brasil

24 outubro 2016 - 18h43

Um operativo policial, realizado na última sexta-feira, 21 de outubro, nas cidades de Porto Suarez e Porto Quijarro, na fronteira entre Brasil e Bolívia, desarticulou uma quadrilha que estava traficando pessoas para o Brasil. Duas pessoas foram presas, sendo um peruano, identificado como Eduardo Tintaya (25) apontado pela Polícia da Bolívia, como líder do esquema, e o boliviano Walter Suárez (24) que dava suporte nos trabalhos na região.

O feito, de acordo com a polícia nacional daquele país, foi descoberto em um Alojamento, onde estavam cinco pessoas, três mulheres e dois homens, que estavam sem documentação.

Todos eram de nacionalidade peruana, e tinham como destino às fábricas de costuras, no Brasil, geralmente localizadas em São Paulo.

Ao chegarem à delegacia, em depoimento, as vítimas disseram que foram contratadas na cidade de Puno- Peru, por um peruano, e que tinham como promessa, vagas de emprego nas fábricas de costuras no Brasil, ficando assim, caracterizado, o crime de tráfico de pessoas na região de fronteira entre os dois países.

Na coletiva de imprensa, que apresentou os acusados, realizada no Hotel El Pantanal, o Ministro do Governo boliviano Carlos Romero, que esteve acompanhado dos comandantes policiais, tanto departamental quanto o de fronteira, destacou a necessidade de que todas as instituições trabalhem em beneficio da segurança nacional e dos cidadãos.

Oepração Thaukuy Rikhuy

Durante ação, a polícia informou que as prisões foram possíveis, durante o Plano de Seguridade -“Thaukuy Rikhuy”, que significa “Tudo que Vê e tudo que se Escuta”, que tem como objetivo garantir a segurança dos cidadãos em distintas regiões do país.

O plano será realizado em estradas, com apoio de patrulhas móveis em Zons de fronteira e terá todo apoio do operativo policial boliviano. (Com informações El Deber)

 

Fonte: Leonardo Cabral 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumulado vai para R$ 60 milhões
Polícia Federal apreende 254 quilos de cocaína no Porto de Paranaguá
Após êxito na Copa do Brasil, Botafogo e Atlético-GO duelam na Série A
Dia do idoso: pandemia, saúde mental e física são desafios
Pedidos de educação indígena aumentaram 500%, afirma Funai
Campanha das eleições municipais começa neste domingo
Eleições 2020: termina hoje prazo para pedir registro de candidatura
Pandemia amplia vulnerabilidades de surdos, diz secretária
Prefeitura encaminha imigrantes e pessoas em situação de rua ao mercado de trabalho
França abre investigação para apurar ataque com faca em Paris