Menu
Busca sexta, 22 de novembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Oito suspeitos são presos por envolvimento na execução de traficante

16 junho 2016 - 15h40

Oito homens, entre brasileiros e paraguaios, foram presos suspeitos de envolvimento no assassinato do empresário e narcotraficante Jorge Rafaat Toumani, alvo de vários disparos de armamento calibre .50, usado pelas forças Armadas, na noite de ontem (15), no Centro de Pedro Juan Caballero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã.

Conforme o site Capitanbado, os acusados são Mário Ariel Sanchez Gimenez, 28 anos, Wilfrido Coronel Lopes, 36 anos, Alcides Ramnon Nunez Pereira, 37 anos, Eladio Amarilla, 34 anos, Robson Suarez Palcios, 30 anos, Abel Ramon Palacios Jara, Maxuesli Rodrigues Andrade e Roque Ortiz Brum.

O caso - Jorge seguia em um Hummer blindado, mas o veículo não suportou o calibre das munições usadas e ele acabou atingido e morto no local. Seguranças que o acompanhavam reagiram e houve um intenso tiroteio na região. A população ficou assustada e descreveram um cenário de guerra.

Narcotraficante - Conhecido também por organizar promoções para compras em Pedro Juan, Jorge Rafaat foi condenado por Odilon Oliveira, juiz da 3ª Vara Federal de Ponta Porã, em 30 de abril de 2014, quando além dele, outros sete traficantes da fronteira foram sentenciados. O empresário foi condenado a várias penas que, somadas, totalizam 47 anos de prisão em regime fechado, além de multa de R$ 403,8 mil. 

 

Fonte: Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Colombianos vão às ruas para protestar contra pacote econômico
Envolvimento do nome do presidente no caso Marielle 'é um total disparate', diz Moro
Barricada no Chile retém caravana de torcedores do Flamengo que viajam a Lima para final da Libertadores
Adolescentes pulam muro para tomar banho de piscina e são agredidos
Pai entrega filho a polícia ao saber que ele matou idoso em SP: 'Peço perdão'
STJ concede habeas corpus ao DJ Rennan da Penha
Operação prende dois e cumpre 23 mandados de busca na fronteira
TJ mantém sentença, mas reduz 2 anos da pena de PM da Máfia do Cigarros
Gugu Liberato é internado em hospital após sofrer acidente em casa
Workshop divulga a história pré-colonial do Pantanal para incluir no roteiro turístico de Corumbá