Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Jovem filmado sendo executado tinha passagens por estupro e furto

16 fevereiro 2017 - 13h38

O jovem que foi executado na Cachoeira do Ceuzinho, e teve a morte registrada filmada por celular, foi identificado pela polícia. O rapaz de 25 anos morava na Vila Popular e tinha passagens por furto e estupro, segundo o delegado Bruno Urban, da Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij).

O corpo foi encontrado na quarta-feira (15). O vídeo da execução foi encontrado no celular de um dos dois adolescentes apreendidos por roubo a um supermercado em Três Lagoas. Eles confessaram o assassinato e indicaram a participação do terceiro homem, de 24 anos, que também foi preso.

As imagens mostram o homem com as mãos amarradas. Ele dá um recado para a câmera e, na sequência, é assassinado. As imagens são fortes. O homem recebe vários tiros e facadas.

De acordo com o delegado, o crime foi motivado pela guerra de facções, os três envolvidos no crime teriam sido contratados para a execução. (G1 MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mulher de 52 anos é autuada após colocar fogo em lixo de terreno
Hamilton Mourão rebate críticas às queimadas
Vice-presidente do Flamengo defende volta da torcida aos estádios
Em diligência no Pantanal, senadores dizem que cenário é devastador
Xuxa avisa que vai deixar a Record no fim do ano: 'infelizmente'
Motorista da Uber furta calça jeans, confessa crime
Brasil tem 739 mortes pela covid-19 em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Chuva não chega em Corumbá, mas na Bolívia tem até temporal e nevasca
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax