Menu
Busca quarta, 19 de fevereiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Homem que se jogou de embarcação e ficou quatro dias desaparecido é encontrado às margens do rio Paraguai

22 julho 2016 - 15h53

O homem, de 33 anos, que não teve o nome revelado, e que estava desaparecido há quatro dias, após ter se jogado de uma embarcação nas águas do rio Paraguai, foi encontrado nesta quinta-feira, 21 de julho.

De acordo com 3° Grupamento do Corpo de Bombeiros de Corumbá, um senhor foi quem acionou os militares, dizendo que um homem estava ás margens do rio Paraguai, em uma região conhecida como Ilha Verde.

Ainda conforme o senhor, a vítima estava fraca, apresentando frio, fome e desorientação, porém estava consciente, e que o lugar onde ele estava era trecho do Rio que estava com muitos camalotes e devido à cheia ficava uns 30 a 40 metros do leito do Rio.

Logo após a localização, o senhor que o encontrou, encaminhou a vítima até o Porto na “prainha vermelha”, em frente ao Moinho, onde uma viatura de resgate dos Bombeiros o aguardava, juntamente com familiares.

Diante dos fatos, após os primeiros atendimentos, o homem foi encaminhado ao Pronto-Socorro para avaliação médica.

Ao chegar no PS, ele relatou que teria se escondido no meio do mato pois estava com medo e só saiu de lá porque estava com muita fome e frio. Porém, não disse o motivo que o levou a se jogar nas águas do rio.

 

Entenda o caso

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil, por meio do boletim de ocorrências n° (4308/2016). Conforme um funcionário de uma empresa de transporte, que estava na embarcação, o qual a vítima havia embarcado no porto mangueiro de outra fazenda, o sumiço do passageiro chamou atenção de todos.

Ao escutar um barulho, como se alguém tivesse se jogado na água, o funcionário ordenou que outro amigo, que comandava a embarcação parasse e reduzisse a velocidade, retornando para trás. Após esse procedimento, ele começou a questionar aos tripulantes que disseram não saber de nada.

Mas quando percebeu, ao chegar no último passageiro, verificou que haviam apenas um casaco e botina deixados na embarcação, o que caracterizava-se como algum tripulante que tivesse se jogado do barco.

 

Fonte: Leonardo Cabral (colaboração) 

 

 

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Vizinho atirou no outro por conta de briga de crianças em escola
PM convoca segunda chamada do curso de formação de oficiais e soldados
Vereador propõe criação de fundo para o CCZ
Prefeito de Três Lagoas tem parte do salário penhorado para pagamento de dívidas
Jovem denuncia pai por estupro e pede socorro para amigos por aplicativo
Motociclista é atropelada por caminhão e morre na Gury Marques
Três morrem em acidente entre carro e carreta na MS-276
Projeto de lei que prevê hino nas escolas da Reme segue para sanção do prefeito
Gaeco cumpre mandados em bairro nobre de Campo Grande contra corrupção na publicidade
Polícia Militar prende indivíduo por furto em Corumbá