Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Brasileiro que reside na Bolívia é detido na BR-262 após tentar transportar carne de jacaré e pescado ilegal

03 agosto 2016 - 15h57

Um homem de 68 anos, foi autuado pela Polícia Militar Militar Ambiental, por estar transportando, carne de jacaré e pescado ilegal. O caso aconteceu durante fiscalização na BR-262, quando os militares abordaram nesta terça-feira, 02 de agosto, um ônibus de transporte intermunicipal.

Ao vistoriar o bagageiro do veículo, encontraram vários pacotes pequenos, que continham carne de animal silvestre e pescado ilegal. Havia uma pele de jacaré com cabeça, 2 kg de carne de jacaré em filé e 5 kg de pescado beneficiado em postas das espécies pintado e cachara.

O detido que é natural de Tupã (SP) e residente na Bolívia, tinha passagem até a cidade de Miranda. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia de policia civil daquela cidade, onde foi autuado em flagrante por crimes ambientais de transporte de produtos da caça ilegal e da pesca predatória.

A pena relativa à carne do jacaré é de seis meses a um ano de detenção e pelo transporte do pescado ilegal é de um a três anos de detenção.

Os Policiais também confeccionaram autos de infração administrativos e arbitraram multa de R$ 1.260,00 contra o infrator.  

 

Fonte: Leonardo Cabral 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Incerteza da economia cai pelo quinto mês consecutivo, diz FGV
Covid-19: 87% dos moradores de favelas conhecem alguém que adoeceu
Primeiro paciente curado de HIV morre após reincidência de câncer
Covid-19: Ganso testa positivo e Fluminense chega a dez contaminados
Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal
IBGE: taxa de desocupação fica em 13,8% no trimestre de maio a julho
Em outubro, Saúde disponibiliza exame preventivo em horário noturno
Justiça suspende decisão do Conama que revogou resoluções ambientais
Polícia Militar de Corumbá prende homem foragido da justiça durante rondas
Ao contrário do esperado, fronteira teve apenas alguns pontos reabertos