Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Açougueiro foi morto porque não quis entrar para o PCC, segundo investigação

07 novembro 2019 - 17h30Por MidiaMax

A Polícia Civil de Campo Grande trabalha com duas linhas de investigação para a execução do açougueiro, Gyllyan Castilho Ramos, de 33 anos, nesta quarta-feira (6), no Portal Caiobá. Em 2018, a vítima já havia sofrido uma tentativa de homicídio quando cumpria pena no semiaberto da Gameleira.

Segundo o delegado da 6º Delegacia de Polícia, Giuliano Carvalho Biacio, são duas linhas de investigação sendo uma delas é que o açougueiro teria se recusado a entrar para a facção criminosa e a outra de uma briga com integrantes do PCC durante o cumprimento de sua pena.

Em 2018, Gyllyan sofreu um atentado dentro da Gameleira ficando internado por meses, na Santa Casa de Campo Grande. Após sair do hospital em agosto, o açougueiro foi trabalhar no interior voltando para a Capital em abril deste ano indo para a casa onde morava antigamente.

Familiares do açougueiro já foram ouvidos e testemunhas do convívio de Gyllyan ainda devem prestar depoimento.

Após a execução do açougueiro, os criminosos gritaram ‘Aqui é do Comando’. Testemunha prestou depoimento à polícia e contou que o açougueiro saía para trabalhar, voltando do horário de almoço, quando foi executado. Ela chegou a ver os dois suspeitos em uma motocicleta preta, com placa dobrada, parados na calçada perto da casa da vítima.

Gyllyan foi caminhando em direção aos criminosos, mas a testemunha não soube dizer se ele estava distraído ou se reconheceu a dupla e foi propositalmente em direção a eles. Vizinhos saíram das residências quando ouviram os tiros e encontraram o açougueiro já caído no chão.

No local do crime foram apreendidas 12 cápsulas 9mm e 3 projéteis. A vítima tinha 18 perfurações no corpo, entre as de entrada e saída dos tiros, não podendo precisar inicialmente quantos tiros a atingiram.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Para de ser tão ciumenta: mulher surta e esfaqueia marido em residência
Cantora gospel morre de Covid-19 e deixa marido infectado
“É desesperador, estou pagando as parcelas ainda”, diz trabalhador ao ver carro pegando fogo
Santa Casa de Corumbá recebe recursos do Ministério da Saúde para ações de controle ao Covid-19
Muambeiro é preso com mercadoria do Paraguai em hotel
Por gasolina a R$ 2,50 o litro, douradenses enfrentam frio e fila que começou às 3h
Espanha reabrirá fronteiras terrestres com Portugal e França neste mês
José de Abreu é desligado da Globo após 40 anos
Preso de 43 anos é suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann em 2007
Caixa libera hoje saque da 2ª parcela dos R$ 600 para nascidos em maio