Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

A 'serviço do crime organizado', helicóptero pousa em fazenda de MS para pegar bandido e droga, diz polícia

13 setembro 2019 - 09h05Por G1/MS

Um helicóptero fez um pouso de forma irregular em Ribas do Rio Pardo, na região leste do estado, nessa quarta-feira (11). As investigações apontam que o piloto e demais envolvidos estariam "a serviço do crime organizado" e buscam identificar onde estaria o carregamento da droga e qual seria o destino.

"Os envolvidos estão custodiados na delegacia e estamos investigando outros crimes. O grupo provavelmente tem ligação com o crime organizado e fez esse pouso para pegar um terceiro envolvido. A perícia está sendo feita, também estamos contando com o apoio da Deco [Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado]", afirmou o delegado Bruno Santacatharina, responsável pelas investigações.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia foi acionada quando testemunhas constataram o pouso. O piloto, de 42 anos, foi levado para a delegacia e, em um primeiro momento, alegou que tinha parado ali ao perceber a falta de combustível. No entanto, após um período, ele confessou que não tinha plano de voo para pousar naquele município e, muito menos, em uma propriedade privada.

A polícia não encontrou drogas, porém, apontou que o próximo passo da ação criminosa era buscar a carga ilícita. Os envolvidos devem responder por associação criminosa, entregar-se na prática da aviação, acrobacia ou a voos baixos fora do zona em que a lei permite e atentado contra a segurança do transporte aéreo.

 

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Prefeitura de Corumbá implementa aplicativos de acessibilidade no portal oficial
Audiência Pública Conjunta da Prefeitura e Câmara acontece em fevereiro
Sai gabarito preliminar de processo seletivo para professores temporário da REME
Plano de saúde terá de incluir criança como dependente de "dono" de guarda
Após Minas confirmar 1ª suspeita de coronavírus, MS define estratégias
Vítima de cárcere, menina de 7 anos era acalmada pelo tio: "Respira"
MEC determina suspensão das inscrições do Prouni 2020
Mato-grossense é autuado pela PMA após transporte irregular de 108 quilos de pescado
Família procura por homem com alzheimer desaparecido a quatro dias na Capital
Mototaxista sofre traumatismo craniano em acidente nas Moreninhas