Menu
Busca terça, 17 de setembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Governador de MS veta projeto sobre controle de cães e gatos

08 outubro 2015 - 15h06

Reinaldo Azambuja justificou que a proposta é inconstitucional. Assembleia Legislativa aprovou proposição em setembro.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), vetou projeto de lei que cria programa de controle de reprodução de cães e gatos. A mensagem de veto foi publicada na edição desta quarta-feira (7) do Diário Oficial do Estado (DOE).

No veto, o chefe do Executivo Estadual argumentou que a proposta é inconstitucional já que a criação de um programa de governo é competência exclusiva do governador. Foi questionado ainda no projeto a falta de indicação de onde viriam os recursos para execução do programa.

Azambuja ainda justificou que seria inconstitucional criar legislação que possa desorganizar os planos orçamentários do estado. O governador citou ainda que os municípios já fazem controle de zoonoses e que a Constituição Federal determina que as cidades legislem sobre o assunto.

Projeto
Em setembro, a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de lei. Conforme a proposta, os cães e gatos encontrados na rua, que não tiverem identificação, seriam capturados pelos órgãos competentes.

Se em cinco dias o dono do animal não aparecer, o cão ou gato passaria por avaliação veterinária, será castrado e colocado para adoção. Para adotar, a prioridade seria para famílias de baixa renda e entidades de proteção aos animais interessadas na castração.

O Poder Público ficaria responsável em criar um abrigo para cuidar dos animais. Na justificativa, o deputado estadual Márcio Fernandes (PT do B) argumentou que a população de cães e gatos nas ruas coloca em risco tanto a saúde dos animais quanto das pessoas. Afirma ainda que a castração é a principal solução para o problema.

Estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Rio Grande do Sul têm legislações semelhantes. O parlamentar apontou ainda que a maioria dos municípios do estado têm dificuldades para castrar e abrigar os animais.

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Bolsonaro tem alta e deixa hospital em São Paulo
WWF-Brasil lança concurso de fotografia para destacar as belezas naturais do Pantanal e da bacia do Alto Paraguai
Violência por dizer “não” ao ex-namorado fez Ana largar tudo e sair pelo mundo
Dica da semana: "O Homem que Viu o Infinito"
MS registrou 2.070 focos de calor em setembro, segundo dados do Inpe
Em 12 horas, queimadas destruíram 200 hectares em Bodoquena
Sem poder doar medula para Calebe, mãe quer alguém compatível para livrar seu filho da leucemia
Mato Grosso do Sul é o segundo no País com mais abates de bovinos
Homem leva mordida de cão, exige desculpas do vizinho e denuncia crime em MS: 'Coloca vinagre que é bom'
Marido quer que mulher aborte bebê só porque é uma menina