Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Acadêmico dorme ao volante, perde o controle da direção e bate em poste e ônibus

13 setembro 2019 - 14h05Por Top Mídia News

Um acadêmico de agronomia, de 20 anos, que dirigia um Honda City, dormiu ao volante, perdeu o controle da direção, bateu em um poste de iluminação e só parou quando atingiu um ônibus, na Rua Brilhante, sentido centro/bairro, próximo ao terminal Bandeirantes, em Campo Grande. O acidente aconteceu na manhã desta sexta-feira (13).

A vítima foi transportada pelo pai, consciente e orienta, para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Leblon. A BPtran informou que ele não apresentava sinais de embriaguez.

O pai do acadêmico, o promotor de vendas, de 53 anos, contou que o filho vinha da casa da namorada. “O motorista do ônibus me ligou falando que ele estava na calçada sentado e chorando, foi um livramento, só por Deus, ele nunca bateu o carro, é um menino responsável, trabalha e estuda. Foi uma fatalidade”, descreveu.

O motorista do ônibus, de 35 anos, disse que tem o costume de parar ali até dar o horário de começar a transportar os passageiros.

“Ele bateu no poste de iluminação, bateu na árvore e parou no ônibus, só não foi pior porque o ônibus parou ele”, contou.

Ele atua na empresa há dois anos e conta que essa foi a primeira situação que aconteceu. Apesar do acidente, o trânsito flui normalmente na via.

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Homem é preso suspeito de estuprar dois adolescentes em chácara
Senadora de Mato Grosso do Sul tem número de celular hackeado
Ladrão é preso por moradores após roubar celular de mulher
Aos 15 anos, nadador de MS embarca para Lima em busca de medalhas
Grupo na Base Aérea de Anápolis pode sair da quarentena antes do prazo previsto, diz Ministério da Saúde
Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas de motim da Polícia Militar
Prefeitura entrega uniformes e solidifica ciclo de investimentos na Saúde, Cultura e Educação
Vila Mamona faz reedição de samba e relembra sua 1ª vitória
Denunciado por crime de ódio é citado após MPMS dizer que ele ‘fugiu’ por meses
Secretaria de Saúde faz no dia 27 audiência pública para apresentar relatórios do 3° quadrimestre