Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99820-0742
/*%%SmartyNocache:1641249555f701de8d2ac08-80018106%%*/smarty; if (!is_callable('smarty_function_get_banners')) include 'application/smarty_plugins/function.get_banners.php'; ?>/*/%%SmartyNocache:1641249555f701de8d2ac08-80018106%%*/

Ruiter defende recursos de Corumbá no Departamento Nacional de Produção Mineral

19 janeiro 2017 - 11h59

Cumprindo agenda institucional em Brasília, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira se reuniu nessa terça-feira, 19 de janeiro, com o diretor-geral do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Victor Hugo Bicca. No encontro, o prefeito defendeu os interesses de Corumbá com relação à Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM).

 

“Nosso objetivo aqui é nos informarmos melhor sobre os repasses da CFEAM para Corumbá, haja vista que hoje na Prefeitura não existem informações sobre os processos administrativos de constituição de crédito e de acordos que tramitam aqui no DNPM”, esclareceu Ruiter, que estava acompanhando do deputado federal Vander Loubet.

 

O prefeito Ruiter também solicitou dados sobre os acordos de parcelamentos de dívidas celebradas pela União com empresas que exploram minérios em Corumbá, com informações sobre as parcelas pagas e os valores já transferidos ao Município.

 

O prefeito ainda pediu informações sobre créditos inscritos, ou em via de serem inscritos, na dívida ativa e no CADIN (Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal) decorrente da exploração das mineradoras em Corumbá. “Foi uma agenda bastante produtiva e que deve gerar bons resultados para a cidade”, avaliou Ruiter.  (Assessoria de Comunicação PMC)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleições 2020: termina hoje prazo para pedir registro de candidatura
Pandemia amplia vulnerabilidades de surdos, diz secretária
Prefeitura encaminha imigrantes e pessoas em situação de rua ao mercado de trabalho
França abre investigação para apurar ataque com faca em Paris
Universidade oferece tratamento gratuito a pacientes com sequelas da covid-19
Reme ainda não tem prazo para retorno das aulas presenciais
Jovem de 22 anos perde controle de moto e morre na Salgado Filho
Bandidos não perdoam nem cavalos em Corumbá
Caminhoneiro de Dourados capota e morre na serra de Maracaju
AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia