Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Dia “E” da Economia Solidária e Geração de Renda

27 janeiro 2017 - 12h01

Um trabalho conjunto entre as secretarias de Assistência Social, Saúde e Fomento ao Desenvolvimento, reuniu mais de 50 empreendedores informais do município de Ladário, nesta terça feira, 25 de janeiro. O encontro foi no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Mangueiral.

"O que queremos é desenvolver um trabalho sério e linear, desde a regularização dos documentos, passando pela viabilização dos credenciamentos necessários e chegando ao treinamento para capacitação em atuação nos eventos promovidos pelo município", explicou a secretária de Assistência Social, Andressa Paraquett.

Neste primeiro encontro, a intenção foi reunir e conhecer melhor os empreendedores para, a partir dai, traçar as metas de fortalecimento do setor. São essas pessoas que levam seus trabalhos, voltados à culinária, arte e artesanato para as feiras e grandes concentrações da cidade.

Esse foi o motivo de estarem três secretarias envolvidas. A saúde por causa das questões sanitárias, a Promoção Social, porque solidifica o fortalecimento econômico das famílias de pequenos comerciantes e, o Fomento ao Desenvolvimento porque é a secretaria que trabalha o crescimento e o desenvolvimento da economia do município.

O próximo passo agora será o agendamento do Mutirão do Micro Empreendedor Individual, que deve acontecer a partir da semana que vem; as consultas médicas pra emissão das carteiras sanitárias dos comerciantes de gêneros alimentícios; e nas próximas quatro semanas, haverá encontros semanais com intuito de estruturação dos eventos.

Encontro formaliza a criação da Praça de Alimentação Permanente

"A ideia nasceu dos próprios empreendedores. Nós achamos uma boa ideia, encampamos e vamos ser parceiros para criar a Praça de Alimentação Permanente", anunciou a secretária Andressa Paraquett. A praça vai funcionar na Avenida 14 de Março, na altura do Coreto, pelo menos uma vez por mês.

A intenção é padronizar as ações e a estrutura para que o atendimento seja de primeira qualidade. Segundo Paraquett, as barracas seguirão um padrão de design e todos os empreendedores usarão uniformes e equipamentos de higiene e segurança.

A qualidade dos produtos que serão vendidos seguirá normas rígidas, já que o que se pretende, é oferecer o melhor para a população ladarense. As barracas servirão salgados, comidas típicas da região e bebidas. Também está projetada uma área de diversões com brinquedos para a criançada. (Assessoria de Comunicação - PML)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde atualiza novamente procedimentos para aborto no SUS
Libertadores: Líder do Grupo G, Santos enfrenta o Delfín no Equador
Justiça autoriza retorno das aulas no Colégio Militar do Rio
Projeção de crescimento do crédito em 2020 sobe para 11,5%
Araújo diz que declarações de Pompeo foram alvo de má tradução
Salles inspeciona áreas em Mato Grosso atingidas pelo fogo
Operação Covid-19 mobilizou quase 30 mil militares em seis meses
MP e Volkswagen firmam acordo para reparar violações no regime militar
CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio
Senador conquista R$ 38 milhões da União para MS