Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

MS registrou 2.070 focos de calor em setembro, segundo dados do Inpe

16 setembro 2019 - 17h05Por Campo Grande News

Nos primeiros 15 dias de setembro, Mato Grosso do Sul registrou 2.070 focos de calor, segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O número é 219% maior que no ano anterior, quando foram registrados 642 focos de calor.

 

O levantamento aponta que Mato Grosso do Sul está em 6º lugar no ranking dos estados com maior número de focos de calor no mês de setembro, concentrando 6,8% dos 30.535 focos registrados no país. O Estado fica atrás apenas de Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Maranhão.

Ainda de acordo com o relatório divulgado nesta segunda-feira (16), o Pantanal concentra os focos de calor no Estado, com 1.352 focos de calor registrados, o que representa 65,3% do total registrado.

Corumbá e Porto Murtinho estão na lista dos cinco municípios com mais focos de calor no Brasil. Com 851 focos, Corumbá, cidade a 419 quilômetros de Campo Grande, lidera o ranking. Já Porto Murtinho, cidade a 431 quilômetros da Capital, aparece em 4°lugar com 476 focos em apenas 15 dias.

Combate de incêndio - Segundo dados do Corpo de Bombeiros, entre os dias 1° e 15 de setembro, foram combatidos 521 incêndios florestais no Estado. Em apenas dois dias equepes do Corpo de Bombeiros atenderam 151 ocorrências. O número de incêndios combatidos no ano passou de 4.946 para 5.097 entre o dia 14 e 15 de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá tem mais 15 positivos, e totaliza 44 casos de Covid-19
CNC: confiança do empresário do comércio cai 20,9 de abril para maio
Municípios aderem a repasse para ajudar Sistema de Assistência Social
Vacinação contra H1N1 é prorrogada para público de todas as fases
Contribuinte ainda pode destinar parte do Imposto de Renda para o CMDCA
Vereador diz que 54% das mortes de covid-19 são de pretos e pardos
Exposedcg: denunciado por estupro no Twitter procura a delegacia e relata calúnia
Com 33 novos casos, Dourados supera Campo Grande e já tem maior número de Covid-19 em MS
Coronavírus chegou ao Brasil pela Europa, América do Norte e Oceania
Rio de Janeiro começa reabertura gradual das atividades