Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

MS registra 483 assassinatos e mortes em confronto, queda de 14% em 1 ano

11 setembro 2019 - 08h15Por Campo Grande News

O número de mortes violentas intencionais apresentou queda de 14,3% em Mato Grosso do Sul, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2019, divulgado nesta terça-feira (10). Nessa lista entram homicídios, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte, homicídios de policiais e mortes por intervenções policiais. Em 2018 foram 483 vítimas, enquanto no ano anterior o número chegou a 564. 

De acordo com o relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o número de vítimas registrado no ano passado é o mais baixo dos últimos sete anos (confira no quadro abaixo).

Arte: Ricardo GaelArte: Ricardo Gael

O percentual de redução no Estado supera a queda registrada em todo o país. Em 2017 foram 64.021 vítimas, enquanto no ano passado o Brasil registrou 53.341 mortes, redução de 10,43%.

O estudo também traz outros índices de violência, como o número de vítimas por homicídios dolosos, quando há a intenção de matar. Em comparação com os dois últimos anos, os números caíram de 530 para 452. Já o latrocínio, roubo seguido de morte, passou de 23 para 24. Lesão corporal seguida de morte apresentou queda de 11 para 7.

Em Mato Grosso do Sul houve aumento no caso de mortes decorrentes de intervenção policial em serviço e fora de serviço. Em 2017 foram 41 casos, enquanto no passado o número aumentou para 53. Já o número de policiais militares mortos em confronto ou por lesão não natural fora de serviço passou de 6 para apenas um no último ano. As mortes decorrentes de intervenções policiais em sérvio saltaram de 39 para 49 no Estado.

Violência conta a mulher – O relatório também traz números de casos de violência contra a mulher. O número de homicídios passou de 59 para 63 nos dois últimos anos. Os casos de feminicídio saltaram de 29 em 2017 para 36 em 2018. Por outro lado, os casos de lesão corporal dolosa – violência doméstica recuaram de 5.631 para 5.434.

Os casos de estupro no Estado também apresentaram diminuição de 2.136 vítimas para 1.934. Em se tratamento apenas de mulheres, houve recuo de 1.838 para 1.640 casos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sobre pandemia, Bolsonaro afirma que o pânico foi disseminado
Mulher é encontrada morta em Corumbá
Colisão frontal mata motociclista na MS-162 e motorista de carro é flagrado bêbado
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões na terça-feira
Universidades desenvolvem apoio a diagnóstico de covid-19 com raio-x
Rapaz é baleado e foge da UPA com medo de ser preso
Discussão por terreno termina com homem ferido com tiro em MS
Ao sair de posto, carreta atropela e mata casal que seguia em moto
Caminhoneiro fica 15h refém de bandidos que fogem levando veículo em MS
Festival da Canção da UEMS 2020 é adiado e será no formato on-line