Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Com planejamento estratégico, Imasul foca em gestão moderna e eficiente

21 outubro 2019 - 15h45Por Portal Governo do Estado MS

 No ano em que comemora o 40º aniversário de criação, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), órgão ambiental do Estado vinculado à Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), elabora o Planejamento Estratégico que vai orientar suas ações até 2024. “Nossa meta é que o cidadão sul-mato-grossense enxergue no Imasul um aliado na garantia do desenvolvimento sustentável do Estado; que tenha a tranquilidade de beber a água da torneira, de consumir um produto porque confia no trabalho do técnico que atesta a qualidade”, disse o diretor-presidente do Imasul, André Borges.

O Planejamento Estratégico 2019-2024 foi apresentado na manhã desta segunda-feira (21), em reunião no auditório Shirley Palmeira, do Imasul, com as presenças dos secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck e Ricardo Senna, titular e adjunto da Semagro, além do superintendente de Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta; diretores, gerentes e servidores do Imasul.

Planejamento Estratégico traz as orientações sobre as ações a serem desenvolvidas pelo Imasul até 2024

Verruck parabenizou os servidores do Imasul pela elaboração do documento, destacando que todos os estudos foram conduzidos por uma equipe de nove pessoas, entre servidores do órgão e da Superintendência de Gestão Estratégica do governo, e após ouvir praticamente todos os servidores. Verruck destacou o serviço de excelência que o Imasul já vem prestando, o que foi atestado no Ranking de Competitividade 2019, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) divulgado na semana passada, em São Paulo.

“Tenho o dever de compartilhar com vocês essa informação. Estive na sexta-feira em São Paulo, no evento que divulgou o Ranking de Competitividade dos estados, e Mato Grosso do Sul subiu de posição, somos o 5º mais competitivo do país. Importante destacar que o indicador decisivo para essa melhora no ranking foi a sustentabilidade. Subimos 12 posições nesse quesito”, disse Verruck.

O secretário salientou que “planejamento estratégico se faz com liderança”, cabendo ao presidente do Imasul conduzir suas ações diárias com base no que foi estabelecido. “A sociedade quer que a gente conserve, aumente a eficiência de nossas ações cada vez gastando menos recursos financeiros e menos gente, portanto temos que adotar cada vez mais tecnologia. O Imasul está alinhado com o que pensa o governo para Mato Grosso do Sul e estamos juntos para cumprir o que foi planejado”, completou.

Alma do Imasul

Na visão do secretário Eduardo Riedel, o Planejamento só trará os resultados esperados se partir do sentimento genuíno de cada servidor do órgão. “Tem que representar o DNA, a alma do conjunto, senão não faz sentido”. O secretário frisou que o governo tem apoiado a elaboração de planejamento estratégico somente naqueles órgãos em que se percebe o envolvimento da equipe na sua elaboração e no cumprimento do que for estabelecido. “Isso percebemos no Imasul.”

A modernização dos serviços públicos é a prioridade do governo. Riedel revelou que nos próximos dias será lançado um aplicativo para smartphone – o MS Digital – em que os cidadãos poderão acessar 49 serviços, incluindo a emissão da Carteira de Pesca do Imasul. “Essa transformação é para acompanhar a mudança por que passou a sociedade nos últimos 10 anos.”

Perspectivas

O Planejamento Estratégico do Imasul baseia-se sob cinco perspectivas, conforme explicou o presidente André Borges: Financiamento e Infraestrutura, Pessoas, Processos Internos, Partes Interessadas (público) e Estado e Sociedade. Cada uma dessas perspectivas desdobra-se em objetivos e metas, alinhados ao Plano Plurianual do Estado. “Trabalhamos para construir um Mato Grosso do Sul que seja bom para se viver e investir”, disse.

Todas as ações e até mesmo a postura dos servidores do Imasul orientam-se na visão de “ser uma instituição de excelência, com credibilidade e reconhecimento pelos serviços prestados para a gestão ambiental, exercendo papel estratégico nas ações governamentais”. Para tanto, o órgão tem a missão de “promover a gestão ambiental propondo e executando políticas e ações que visem ao desenvolvimento sustentável em Mato Grosso do Sul”, perseguindo os valores da “ética, cooperação e respeito, proatividade e inovação, aperfeiçoamento contínuo, responsabilidade e comprometimento”.

Deixe seu Comentário

Set 2

Leia Também

Emenda Constitucional da reforma da Previdência é publicada
Oferta de emprego que veta 'negras e gordas' vira caso de polícia
Vítima de tráfico de pessoas, brasileira conta como escapou de cárcere privado nos EUA
'Mãe, não chora não, mãe', disse menina de 5 anos após ser baleada
‘Casal Grávido’ realiza roda conversa com profissionais da saúde para dialogar sobre gestação
Assassino de vendedor é primeiro beneficiado em MS por decisão do STF sobre 2ª instância
Com produção de chapéus e artefatos em couro, parceria da Agepen garante trabalho e remição na pena a detentos
Estudantes de Corumbá produzem contos com histórias fantásticas durante Oficina no Fasp
Em MS, dos 79 prefeitos eleitos, apenas 16 são pretos e pardos, diz IBGE
Aos 16 anos, campo-grandense concorre prêmio de R$20 mil com vídeo que fez no celular