Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

‘Casal Grávido’ realiza roda conversa com profissionais da saúde para dialogar sobre gestação

13 novembro 2019 - 17h00Por Da Redação

Na manhã do último sábado (09), pais e mães, beneficiários da Cassems, em Campo Grande, participaram de uma roda de conversa oferecida pelo programa de prevenção “Casal Grávido”. O objetivo do programa é prevenir os principais problemas que possam aparecer durante a gestação por meio de palestras teóricas e práticas. Os cursos oferecem aos participantes informações com profissionais de todas as áreas relacionadas à saúde do bebê, como Pediatria, Fisioterapia, Obstetrícia, Educação Física e Enfermagem. Os interessados em participar do “Casal Grávido” devem ligar no telefone (67)3309-5351.

A pediatra Juliane Pereira Cardoso reitera a importância do curso e salienta que as rodas de conversa levam as orientações para dentro dos lares. “Com informação, as famílias tem mais cuidado com o pós-parto e os primeiros cuidados. Logo que o bebê nasce, recomendamos a amamentação precoce e o contato pele-a-pele, em que aumentamos o hormônio materno e diminuímos a dor”.

Para a fisioterapeuta obstetra, Gisele Venciguerra, é importante que a mulher esteja preparada fisicamente e emocionalmente para passar pela gestação com tranquilidade. “Com informação, a futura mamãe pode desfrutar da gravidez. A dica é para que as mulheres se cuidem durante esse período, conectem-se com o seu corpo e com este momento tão importante para a família”.

Silvio Pereira de Lima vai ser pai pela primeira vez e participou do “Casal Grávido”. De acordo com o beneficiário, tirar as dúvidas é fundamental. “Neste momento, surgem muitas questões sobre a melhor maneira de atuar. As conversas foram muito interessantes e vão nos ajudar bastante no momento do nascimento”.

A futura mamãe de primeira viagem, Maria Aparecida dos Santos Pereira, afirma que durante a gestação há muitas opiniões e é importante ter orientações de profissionais da saúde. “Há muitas técnicas que não se usam mais, pois foram atualizadas. Quando temos conhecimento, há menos sofrimentos e angústias. Essas informações são muitos válidas para dar segurança e tranquilidade”.

A Daniela Salas Zanetti, beneficiária da Cassems, também vivencia a primeira gestação e possui muitas dúvidas. “Poder participar do ‘Casal Grávido’ foi excelente. A questão do parto, em si, me gerou muita dúvida sobre as minhas escolhas durante o procedimento e a anestesia. Estar no curso me tranquilizou bastante”.

Segundo o esposo de Daniela, Otaviano Bispo, cursos como o “Casal Grávido” contribuem para a manutenção do relacionamento familiar durante o período de gestação. “Participar do programa de prevenção foi muito gratificante. Os cuidados com o bebê me chamaram muita atenção, saber o jeito correto de segurar, a maneira mais confortável de fazer a limpeza e alguns utensílios que serão necessários neste processo. É importante que o casal esteja unido”. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empresa vence licitação de R$ 1,6 milhão para reforma do Detran em Dourados
Padre que atendeu feminicida antes de morte na igreja pede às pessoas para ‘se abrirem’
Polícia investiga PMs por denúncia de agressão à mulher negra em SP
Coronavírus: Pfizer e BioNTech recebem ‘fast track’ para 2 possíveis vacinas nos EUA
Em julgamento de recurso, Justiça livra prefeito de Laguna Carapã de acusação de nepotismo
Em retaliação aos EUA, Pequim coloca senadores republicanos em ‘lista negra’
Esposa de John Travolta morre aos 57 anos
Idosa de 64 anos é mais uma paciente a perder a batalha contra covid-19 em Campo Grande
Marido é preso por estuprar mulher duas vezes após a agredir e deixar inconsciente
Funcionários reclamam de falta até de papel toalha no HRMS, referencia para coronavírus