Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Paranaense é multado por incêndio em 126 hectares com morte de animais

11 setembro 2019 - 08h35Por Correio do Estado

Polícia Militar Ambiental (PMA) de Amambai multou um paranaense de 65 anos por desmatamento, incêndio e outros danos em 126 hectares, entre área protegida e pastagem, em Aral Moreira, na segunda-feira, após fiscalização de uma denúncia em uma fazenda a 20 quilômetros da cidade. 

Conforme informações da PMA, o incêndio iniciou-se pela pastagem, atingindo 87,7 hectares e adentrou em 34,11 hectares de reserva legal, que é protegida por lei. As áreas danificadas atingiram quatro fazendas vizinhas. Na propriedade onde se originou o fogo foi constatado também um desmatamento de 4,85 hectares de área da reserva legal. Todas as áreas danificadas somaram 126,6 hectares medidos em GPS pelos policiais. Em meio às cinzas, foi encontrado um tatu morto pelas chamas.

O infrator, morador de Toledo (PR), foi autuado administrativamente e multado em R$ 24,5 mil pelo desmatamento em área de reserva legal, R$ 170,5 mil pelo incêndio na área protegida por lei, R$ 87,7 mil pelo incêndio em área de pastagem e R$ 40,5 mil pelos danos em área de preservação permanente, totalizando R$ 323 mil. Ele também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de dois a quatro anos de reclusão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sobre pandemia, Bolsonaro afirma que o pânico foi disseminado
Mulher é encontrada morta em Corumbá
Colisão frontal mata motociclista na MS-162 e motorista de carro é flagrado bêbado
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões na terça-feira
Universidades desenvolvem apoio a diagnóstico de covid-19 com raio-x
Rapaz é baleado e foge da UPA com medo de ser preso
Discussão por terreno termina com homem ferido com tiro em MS
Ao sair de posto, carreta atropela e mata casal que seguia em moto
Caminhoneiro fica 15h refém de bandidos que fogem levando veículo em MS
Festival da Canção da UEMS 2020 é adiado e será no formato on-line