Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Saúde faz arrastão no bairro Popular Velha na prevenção ao Aedes

26 março 2017 - 18h58Por Assessoria de Comunicação PMC

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde fizeram uma ampla ação de prevenção e combate aos focos que podem servir de criadouros para o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O arrastão aconteceu no bairro Popular Velha durante toda a manhã deste sábado, 25 de março. A região é dona de um dos maiores índices de infestação do mosquito, segundo o último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) realizado pela Prefeitura de Corumbá.

“É um verdadeiro arrastão da saúde.Temos como parceiros a Secretaria Municipal de Assistência Social; a Secretaria de Infraestrutura e os moradores. O bairro Popular Velha aparece no último LIRAa com índice de 12% de infestação, quando o preconizado é 1% . É o segundo em índice de infestação”, explicou Grace Bastos, chefe do Centro de Controle de Vetores (CCV).

Ela ressaltou que as ações do Município são contínuas por parte dos agentes comunitários de saúde e endemia. “Fazemos isso rotineiramente e queremos ampliar o apoio junto às associações de moradores. Ao longo do nosso trabalho encontramos muita caixa d'água e muito lixo dentro da casa dos moradores, e caixas d'água com larvas positivas para o Aedes”, disse informando que em caso de reincidência há notificação ao morador. “Se já foi notificado é feito auto de infração para a Vigilância Epidemiológica do município com cópia para o Ministério Público”, complementou.

Foi o segundo arrastão da Saúde do ano. O primeiro aconteceu no bairro Guatós. “É um trabalho que temos apoios do Exército e Marinha. Os bairros são vistoriados durante a semana com o trabalho de rotina dos nossos agentes”, finalizou.

Dengue

Até a semana 11 foram notificados 140 casos suspeitos de dengue em Corumbá, sendo que dois foram confirmados no bairro Aeroporto, dois no bairro Dom Bosco, um no Centro e um óbito. Os bairros com mais notificação são Centro (27), Aeroporto (21), Dom Bosco (18), Cristo Redentor (10), Popular Velha (10) e Maria Leite (9).

Zika

Até o período analisado foram notificados 19 casos suspeitos na cidade: Aeroporto (07), Centro (03), Guanã (2), Dom Bosco (1), Cristo Redentor (1), Maria Leite (1), Cervejaria (1) e Guatós (1). Também foi notificado um caso de paciente em trânsito e um caso foi confirmado no bairro Nova Corumbá.

Chikungunya

No município de Corumbá, até a semana epidemiológica 11, foram notificados oito casos de chikungunya no município: Centro (02), Aeroporto (02), Dom Bosco (01), Jardim dos estados (1), Conjunto Primavera (01), Nossa Senhora de Fátima (1), sendo que apenas um caso foi confirmado no bairro Jardim dos Estados. Os dados são do terceiro boletim epidemiológico de 2017 da Secretaria Municipal de Saúde, referentes ao período de 12 a 18 de março.

Deixe seu Comentário

Leia Também

França eleva nível de ameaça à segurança para patamar mais alto
PMA aumenta fiscalização contra pesca ilegal e tráfico de animais
Inflação dos aluguéis fica em 3,23% em outubro, diz FGV
Operação mobiliza 20 mil policiais, Exército e Marinha contra crime organizado em MS, MG, SP e PR
Alex Telles, do Manchester United, testa positivo para covid-19
Menina de 4 anos é atingida por raio e morre no RJ
Denúncias contra direitos humanos podem ser feitas via WathsApp
Idosa morre depois de transferência do Hospital de Bonsucesso, no Rio
Covid-19 pressiona Reino Unido a seguir lockdowns de França e Alemanha
Décimo terceiro salário deve injetar R$ 208 bi na economia