Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

Novo chefe da Embrapa Pantanal anuncia abertura e mudanças na gestão

19 outubro 2016 - 14h01
O veterinário Jorge Antonio Ferreira de Lara, novo chefe geral da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), assumiu a Unidade em cerimônia interna realizada nesta segunda (17) pela manhã. Ele substitui a bióloga Emiko Kawakami de Resende, que esteve à frente da Embrapa de Corumbá nos últimos seis anos. Na solenidade interna, Jorge solicitou aos funcionários que sejam receptivos às mudanças que pretende implantar.
 
O novo chefe anunciou que pretende aproximar mais a Embrapa Pantanal de seus diversos públicos e solicitou apoio de cada funcionário para essa missão. "Todos devem trazer a sociedade para cá. A Embrapa Pantanal vai se tornar um fórum neutro de discussão sobre o que é o Pantanal", afirmou.
 
Outra diretriz anunciada na reunião está ligada à forma de atuação da Unidade. Jorge reforçou: "Nossas decisões serão sempre baseadas em dados técnicos. Nenhuma opinião sai dessa Unidade porque eu acho isso ou acho aquilo. Outra coisa: nós vamos cumprir a lei e ponto final." Segundo Jorge Lara, além de garantir a idoneidade da organização, essas duas medidas promovem uma atuação útil da Embrapa para a sociedade. 
 
O novo chefe disse ainda que os tempos pedem mudanças e que elas não significam, necessariamente, rupturas. "Significam mudanças. A partir da base que nós temos, precisamos construir como a Embrapa Pantanal vai se inserir na realidade do Pantanal nos próximos anos."
 
A ex-chefe Emiko Resende agradeceu todo o apoio que recebeu durante sua gestão e se mostrou otimista com os novos rumos que a organização vai tomar. "Eu espero que vocês continuem nessa trajetória de crescer cada vez mais e melhor", disse ela aos funcionários ao passar o cargo. 
 
Jorge Lara é graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), é mestre e doutor em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e pós-doutor em Biotecnologia Animal pela Universidade de São Paulo (USP/Esalq). Tem formação complementar em gestão de empresas pela Fundação Dom Cabral (2007). Atua na Embrapa Pantanal há 13 anos, sempre na área de Ciência e Tecnologia da Carne.
 
O mandato dele é de três anos, podendo ser renovado por outros três. A Embrapa Pantanal foi criada em 1975 e tem hoje 129 funcionários que atuam em diversas áreas de pesquisa agropecuária.
 
Fonte: Redação 
 
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Número de casos confirmados de coronavírus passa dos 100 mil no MS
Mato Grosso do Sul busca parceria do BRB para ampliar linhas de financiamento
Polícia Civil aguarda laudo de corpo de jovem encontrado no rio Aquidauana
Desesperada, mãe paga R$ 13 mil para exorcizar filha, mas é decapitada por ela
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
Bolsonaro diz que é preciso coragem para encerrar auxílio emergencial
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário
Em Campo Grande, Adélio Bispo relata agressões e pede para voltar para MG
Espancado por causa de boatos de 'estuprador', homem morre no hospital
Vice-governador deixa comando do DEM em MS