Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 99820-0742
Corona

Justiça determina suspensão por 180 dias de ações e execuções contra Grupo Oi

22 junho 2016 - 16h18

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão - por 180 dias - de todas as ações e execuções contra as empresas de telecomunicações do Grupo Oi. Liminar neste sentido foi deferida na noite de ontem (21) pelo juiz da 7ª Vara Empresarial do Rio, Fernando Viana.

A decisão beneficia as empresas Oi, Telemar Norte Leste, Oi Móvel, Copart 4 e 5 Participações, Portugal Telecom e Oi Brasil. Segundo nota divulgada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a decisão tem por objetivo “evitar que novas ações judiciais sejam realizadas entre o pedido de recuperação judicial e eventual aceitação por parte do juízo.”

Na mesma decisão, o magistrado determinou a dispensa de apresentações de certidões negativas em qualquer circunstância relacionadas às empresas, inclusive para que exerçam suas atividades, como certidões negativas de débitos referentes às receitas administradas pela Agência Nacional de Telecomunicações e também certidões negativas de distribuição de pedidos de falência e recuperação judicial.

Pedido de recuperação será analisado

Segundo nota do Tribunal de Justiça, o juiz deverá decidir, nos próximos dias, se aceita ou não o pedido de recuperação judicial impetrado pelas empresas que compõem o Grupo Oi.

O pedido de recuperação judicial foi anunciado pela Oi como fato relevante na última segunda-feira (21), em um processo que envolve R$ 65,4 bilhões em dívidas – o maior já feito no país.

O maior pedido até então registrado no Brasil foi feito pela empresa de sondas para águas profundas Sete Brasil, envolvida em dificuldades financeira a partir do escândalo da Lava Jato. O total chegou a R$ 19,3 bilhões.

 

Fonte: Agência Brasil 

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Não afrouxar quarentena é recomendação de Mandetta, diz Marquinhos
Criança de 10 anos e pai morrem em acidente entre carro e caminhão na MS-164
Covid-19: Aulas em autoescolas seguem suspensas até dia 6 abril
Preso que fugiu de hospital após cirurgia continua foragido
Jovem é encontrada morta às margens do rodoanel de Ponta Porã
Ninguém acertou na Mega Sena e próximo sorteio será de R$ 4,8 milhões
Governo do Estado prorroga por mais 3 meses receitas de medicamentos da Casa de Saúde
Adolescente de 17 anos esfaqueou o tio por causa de buzina em Coxim
Motociclista é atacado por touro em estrada vicinal e morre após cair e ser pisoteado
Coronavírus: MS tem 31 casos confirmados e 47 suspeitos