Menu
Busca terça, 21 de janeiro de 2020
(67) 99820-0742
Governo Dengue

Embrapa e Prefeitura implantam “Quintal Agroecológico” na Codrasa

16 junho 2016 - 14h04

Os moradores da APA Baia Negra, localizada no município de Ladário receberam no mês de maio, o Dia de Campo “Quintal Agroecológico”, idealizado pela Embrapa-Pantanal, juntamente com município, por meio da Secretaria de Fomento ao Desenvolvimento Econômico e da Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural.

O Quintal Agroecológico, é uma atividade do projeto “Sistemas Agroflorestais biodiversos, que traz a produção de alimentos, geração de renda e recuperação ambiental”, onde todas essas ações são executadas através da Embrapa, junto com seus pesquisadores, que auxiliam os moradores nas técnicas de manter o projeto vivo.

Além disso, o projeto é uma atividade coordenada pela Embrapa de Dourados, e quer apoiar o estabelecimento de sistemas que tenham produtos florestais, com valor para comércio e receitas da família, principalmente também resolvendo a questão da segurança alimentar. Todas essas características foram encontradas na Codrasa, chamando a atenção dos pesquisadores.  

Segundo o pesquisador da Embrapa Ubiratan Piovezan, que esteve junto com colegas da instituição durante o lançamento, no mês de maio, na região, a atividade era para ser desenvolvida no Pantanal, onde em 2015, técnicas de trabalho, técnicas de semeamento, tiveram início, mas devido à distância, não foi possível uma frequência de monitoramento dessas técnicas.

“Plantávamos e as mudas não ganhavam vida, não sabíamos se era uma questão hídrica, passarinho ou até mesmo praga. Chegamos à conclusão de que precisávamos de uma área mais próxima e de preferência representasse aquele solos do Pantanal, porque até hoje, não conhecemos nenhum sistema agroflorestal estabelecido nessa região. Após um encontro, resolvemos propor para a os moradores e eles aceitaram”, informou Ubiratan.

Para a diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural de Ladário, Ligia Tiexeira Lopez, a iniciativa é muito bem vinda, não apenas para os produtores, como para o município, já que os trabalhos estão respaldados junto ao Plano de Manejo, recentemente implantado na região da Apa.

“Ele está como primeiro projeto dentro do plano de manejo, seria importante, porque visa a agricultar familiar, com a implantação de suprimento, árvores frutíferas, que servem para alimentação, raízes, entre outros. Acredito que complemente a legislação da agricultura família, sem contar que é um estimulo a mais para as famílias, garantindo que ela tenha alimento, para seu auto sustento, até mesmo por conta da preservação da margem da área”, falou Ligia lembrando que a intensão é levar o projeto para todas as propriedades desta localidade.

O objetivo de todo o trabalho é promover a segurança alimentar dos moradores, através de um quintal agroflorestal suscessional, que atenda as restrições de uso de solo em uma Área de Preservação Ambiental, ao mesmo tempo de gerar produtos úteis aos moradores. A agroecologia é uma modalidade de atividade agrícola que prima observar processos ecológicos naturais em sistemas agrícolas ou florestais, com vistas à geração de produtos.

O projeto está localizado dentro da propriedade da assentada Zilda dos Santos, que recebeu espécies arbóreas, nativas também, além de algumas fruteiras, como Mangueira, Goiabeira. Além disso, serão plantadas árvores fruteiras nativas, como o Jatobá, Cumbarú, Manduví, alinhando um sistema de conservação, por se tratar de árvores nativas, visando à preservação da fauna, meio ambiente. (Com informações assessoria de imprensa PML)

 

Fonte: Leonardo Cabral (Colaboração)

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Homem é preso após agredir ex e amiga que cuidava do filho
Traficante diz que maquininha de cartão foi pedido da clientela
Números atualizados acrescentam mais de mil acidentes ao balanço apresentado pelo Detran
Justiça Eleitoral convoca 3,4 mil eleitores para biometria em cidade de MS
Mãe é agredida pela própria filha com socos e chutes
Maus-tratos: Gatos são encontrados decapitados e mutilados em MS
Menina de 4 anos picada por escorpião segue internada em estado estável
Em nova decisão, TCE libera reajuste e tarifa de ônibus volta para R$ 4,10
Laudo preliminar sobre morte de veterinária confirma cocaína em quarto
Carro para na calçada após ser atingido por picape que invadiu a preferencial