Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Crime na fronteira: Integrantes do PCC são presos e investigados pela morte de narcotraficante

22 junho 2016 - 15h13

Em meio a suspeita de que o assassinato do narcotraficante Jorge Rafaat Toumani estaria ligado ao interesse do Primeiro Comando da Capital (PCC) em monopolizar o tráfico de drogas na fronteira, três homens que seriam da organização criminosa foram presos e a polícia investiga se tiveram envolvimento na execução.

Rafaat foi morto a tiros, em emboscada que aconteceu na noite de quinta-feira (15), em Pedro Juan Caballero. Os suspeitos de integrarem a facção foram presos na mesma cidade paraguaia, anteontem (20), e identificados como Cristian Souza Do Nascimento (34), Luciano Ibarra (39) e Jackson Da Silva (35), conforme divulgação do site ABC Color. O trio ocupava Siena, com placas de Campo Grande, quando foi abordado em operação policial.

De acordo com as informações da Polícia Federal do Brasil, os três presos têm importantes relações no Paraguai e seriam parte do grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC).

Desde a morte do poderoso líder do tráfico, é tenso o clima na região da fronteira brasileira com o país - maior produtor da maconha. Na mesma semana da execução de Rafaat, comércios dele foram incendiados, tiroteio tomou conta da região e três pessoas foram assassinadas.

Fonte: Correio do Estado 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em Corumbá, Polícia Militar realiza a prisão de indivíduo por furto
Diretor-presidente do Detran-MS também testa positivo para coronavírus
Após aborto espontâneo, Mariana Rios faz desabafo emocionante
Carreta carregada com celulose pega fogo em Três Lagoas
Crise faz número de falências saltar de 71,3% em junho; especialistas veem piora
Homem tenta vender capacete falso de Ayrton Senna por R$ 50 mil
Covid-19: governo prorroga programa de redução de salários e jornada
Polícia prende assaltantes e criança tenta jogar arma do pai fora em MS
Acadêmico de engenharia perde luta contra covid-19 em Campo Grande
Jovem é assassinado com tiro na boca ao defender a tia de agressor que invadiu casa