Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Crime na fronteira: Integrantes do PCC são presos e investigados pela morte de narcotraficante

22 junho 2016 - 15h13

Em meio a suspeita de que o assassinato do narcotraficante Jorge Rafaat Toumani estaria ligado ao interesse do Primeiro Comando da Capital (PCC) em monopolizar o tráfico de drogas na fronteira, três homens que seriam da organização criminosa foram presos e a polícia investiga se tiveram envolvimento na execução.

Rafaat foi morto a tiros, em emboscada que aconteceu na noite de quinta-feira (15), em Pedro Juan Caballero. Os suspeitos de integrarem a facção foram presos na mesma cidade paraguaia, anteontem (20), e identificados como Cristian Souza Do Nascimento (34), Luciano Ibarra (39) e Jackson Da Silva (35), conforme divulgação do site ABC Color. O trio ocupava Siena, com placas de Campo Grande, quando foi abordado em operação policial.

De acordo com as informações da Polícia Federal do Brasil, os três presos têm importantes relações no Paraguai e seriam parte do grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC).

Desde a morte do poderoso líder do tráfico, é tenso o clima na região da fronteira brasileira com o país - maior produtor da maconha. Na mesma semana da execução de Rafaat, comércios dele foram incendiados, tiroteio tomou conta da região e três pessoas foram assassinadas.

Fonte: Correio do Estado 

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Ministério da Economia anuncia que, em março, Brasil terá regulamentação oficial de apostas esportivas
Polícia prende acusado de tentar matar motociclista
Notebook com pesquisa sobre abusos no reajuste da gasolina é furtado no Procon-MS
Bebê recém-nascida viraliza e vira meme por cara de “bravinha”
Funcionário de fazenda é encontrado morto em meio ao pasto
Motorista fica ferida após capotar veículo na BR-163
Para monitorar carga em MS, traficantes põem GPS em tabletes de maconha
'Eu vou te dar um tiro porque eu odeio preto', dispara vizinha após discussão
Homem é encontrado morto no bairro Guaicurus em Corumbá
Cão desaparece e criança autista já teve duas convulsões pela falta do amigo