Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020
(67) 99820-0742

ANTAQ determina instalação de gradil na região do Porto Geral

12 agosto 2016 - 15h11

Em atendimento a uma exigência da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), a Prefeitura, por meio da administração do Porto Fluvial de Corumbá, está instalando gradio na área do Centro de Convenções, no Porto Geral, como forma de garantir maior segurança à população.

O gradio está sendo instalado na parte de trás do Centro de Convenções e do estacionamento, separando este trecho do Porto Fluvial, utilizado para embarque e desembarque de turistas.

Com a instalação do gradio, o acesso ao cais não será como tem ocorrido até os dias atuais, com a população e turistas utilizando um espaço que não dispõe de qualquer segurança, totalmente aberto, correndo riscos inclusive de quedas no Rio Paraguai, como já ocorreu, inclusive com mortes.

“Estamos cumprindo uma determinação da ANTAQ, órgão fiscalizador do Porto, onde a partir de agora o acesso a essa região não será mais permitido, a não ser para turistas que irão embarcar e desembarcar nos barcos hotéis, como também para famílias que utilizam o local para visitação”, informou Pedro Damião Antunes, gestor do Porto Fluvial em Corumbá.

Ainda conforme ele, aquelas pessoas que forem pegas pescando ou até mesmo praticando atos ilícitos sofrerão punição, “como multa que deverá chegar até R$ 50 mil, seguindo a determinação da Antaq”, disse Pedro.

Todo o material  está sendo instalado no estacionamento localizado no lado esquerdo do Centro de Convenções e será também colocado no lado direito. Terá portão de acesso ao Porto Fluvial e a área contará com Guarda Portuária que, a princípio, será integrada por guardas municipais que serão capacitados para realizar este serviço.

No trecho atrás do Centro de Convenções, por exemplo, é proibida a pesca. Mesmo assim e com placas informando que as pessoas não podem ultrapassar uma faixa amarela que existe ao longo do cais, pessoas sentam na beirada para pescar, correndo riscos de queda. (com informações ASCOM PMC)

 

Fonte: Leonardo Cabral (colaboração) 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

R$ 4,79: MS tem gasolina mais cara do Brasil, segundo levantamento
Mãe abandona crianças de 2 e 6 anos sozinhas para usar drogas no Vida Nova
Mãe tirou foto da filha momentos antes de ela morrer eletrocutada por decoração
Idosa é morta a facadas e tem casa queimada; principal suspeito é marido, que está internado
Funcionários de terceirizada da Energisa entram em greve por tempo indeterminado
Pedreiro e adolescentes mataram vizinho no Nova Lima em briga por registro de água
Agepan inicia mais uma campanha de fiscalização da geração de energia elétrica
Farmacêutica dos EUA vai solicitar uso emergencial de vacina contra Covid-19 no país e na Europa
Três acertam seis dezenas e levam R$ 33 mil em sorteio da Nota MS Premiada
Bio-Manguinhos fornece novo remédio para doenças reumatológicas ao SUS