Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Acordo garante atendimento da Defensoria Pública em Ladário a partir de abril

30 março 2017 - 20h31Por Assessoria de Comunicação PML

Um acordo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura Municipal de Ladário e a Defensoria Pública vai garantir o atendimento do órgão no município, já a partir do mês de abril. O convênio foi assinado na manhã desta quinta feira (30), pelo prefeito Carlos Ruso e pelo defensor público Daniel Provenzano Pereira.

O acordo prevê três dias de atendimento em Ladário, por semana, o que deve facilitar a vida das pessoas que precisam de um advogado e não têm como pagar pela prestação de serviço. “Duas vezes por semana vai ter atendimento com um defensor cível e uma vez com um defensor criminal. Vai ter um estagiário para dar atendimento durante a semana toda e fazer os agendamentos”, explicou Pereira.

“Nós estamos disponibilizando o local, com toda a infraestrutura necessária e ainda os estagiários que vão auxiliar os defensores. Com isso, atendemos as pessoas de Ladário que têm dificuldades de se deslocar até Corumbá para ir até a Defensoria”, disse o prefeito Carlos Ruso. Para ele, o convênio põe à disposição dos ladarenses, um benefício que é dado pelo Estado, que estava tão perto e, ao mesmo tempo era de difícil acesso.

A Defensoria vai funcionar no prédio da Secretaria Especial de Políticas Públicas, Sociais e Cidadania. As datas deverão ser divulgadas já na semana que vem, assim como o dia do início do atendimento. Os advogados do Estado estarão à disposição da população para entrar com qualquer tipo de ação e afirmam que a demanda em Ladário é muito grande.

“É fundamental para a população de baixa renda que não tem condição de se deslocar lá para Corumbá. É muito mais fácil o cidadão de Ladário ser atendido em Ladário”, enfatizou o defensor. E é o que será feito a partir do mês que vem, quando as pessoas poderão resolver problemas pendentes com a justiça, como separação conjugal, processos por dívidas, por crimes ou até questões de ocupação de terrenos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde atualiza novamente procedimentos para aborto no SUS
Libertadores: Líder do Grupo G, Santos enfrenta o Delfín no Equador
Justiça autoriza retorno das aulas no Colégio Militar do Rio
Projeção de crescimento do crédito em 2020 sobe para 11,5%
Araújo diz que declarações de Pompeo foram alvo de má tradução
Salles inspeciona áreas em Mato Grosso atingidas pelo fogo
Operação Covid-19 mobilizou quase 30 mil militares em seis meses
MP e Volkswagen firmam acordo para reparar violações no regime militar
CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio
Senador conquista R$ 38 milhões da União para MS