Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Sejusp promove reunião para assinatura do Plano Tático de Segurança para o revezamento da Tocha no MS

15 junho 2016 - 17h02

Com o objetivo de definir as estratégias operacionais que serão adotadas durante a passagem da Tocha Olímpica por Mato Grosso do Sul, será realizada na tarde desta quarta-feira (15), no auditório da governadoria, uma reunião com integrantes das forças de segurança a nível municipal, estadual e federal para a assinatura do Plano Tático Integrado de Segurança para o Revezamento da Tocha Olímpica. O documento define as atribuições de cada instituição para o evento.

Nos 100 dias que antecedem as Olimpíadas do Rio de Janeiro a Tocha Olímpica percorre mais de 300 cidades brasileiras, 9 delas de Mato Grosso do Sul, onde o revezamento acontece entre os dias 25 e 27 de junho. O símbolo olímpico chega à capital sul-mato-grossense, no dia 24 de junho, onde pernoitará.

No sábado (25), em uma operação especial, a tocha segue de helicóptero para Bonito, onde percorrerá alguns atrativos turísticos pela manhã, a tarde retorna à Campo Grande e inicia o revezamento oficialmente em Mato Grosso do Sul. No domingo (26), continua em Sidrolândia, passa por Maracaju, Rio Brilhante, Itaporã e finaliza o revezamento em Dourados, onde a tocha olímpica pernoitará. No dia 27 de junho o revezamento continua em Nova Andradina e encerra no município de Bataguassu.

Dentre as 300 cidades nas quais a tocha passará, 83 serão a “cidade celebração“. No Estado  as cidades escolhidas são Dourados e Campo Grande, nelas estão programados eventos, que inclui show musical e outras atrações.

Estarão presentes na reunião representantes da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (SESGE), da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia federal (PF), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Polícia Civil (PC), Coordenadoria Geral de Perícias, Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Secretaria Municipal de Segurança Pública da Capital, Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Campo Grande, Guarda Municipal de Campo Grande, Guarda Municipal de Dourados, Agência de Transporte e Trânsito de Dourados, além dos coordenadores locais dos municípios por onde a Tocha Olímpica irá passar.

 

Fonte: Notícias MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Renda Cidadã: Bolsonaro nega desejar reeleição e diz estar aberto a sugestões
PF detém secretários de Barbalho por suspeita de desvios na Saúde
Homem morre durante visita a academia no Aero Rancho
Ipea: renda dos mais pobres foi 32% maior que o habitual em agosto
Corpo é encontrado às margens da MS-160
Combate às queimadas no Pantanal ganha reforço de 120 brigadistas e bombeiros
Familiares de gêmeos mortos com 13 tiros são ouvidos e polícia procura por assassinos
Em Coronel Sapucaia, obras de recapeamento vão custar R$ 2,2 milhões
Com ressalvas, deputados aprovam mudanças no plano de aplicação dos recursos do Fundersul
Fogo se alastra em reserva no Pantanal, moradora corre e consegue salvar galinhas