Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 99820-0742
Corona

Polícia Federal prende grupo que planejava atos terroristas na Olimpíada

21 julho 2016 - 15h12

A Polícia Federal prendeu um grupo que preparava atos terroristas durante os Jogos Olímpicos, e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, detalhou as prisões em uma entrevista coletiva nesta manhã. As 10 prisões aconteceram em São Paulo e no Paraná, mas há outros dois mandados de prisão. O grupo mantinha contato com o Estado Islâmico pela internet.

De acordo com o ministro, o grupo jurou lealdade ao Estado Islâmico pela internet. Entre eles, os membros se comunicavam pelo WhatsApp e Telegram. Havia um líder que orientava os participantes do grupo. Eles discutiam o treinamento de artes maciais, a compra de armamento e os possíveis alvos no Rio de Janeiro.

Um deles entrou em contato com o site de armas clandestinas no Paraguai para comprar um fuzil AK 47 para a relização de uma operação. Não há informação de que ele tenha conseguido adquirir esse fuzil, mas esse sentido e a informação circulando entre eles sobre a compra é um ato preparatório.

Segundo o ministro, os suspeitos comemoraram os atentados em Orlando, nos Estados Unidos, e de Nice e Paris, na França.

Um dos membros pensava em procurar, no exterior, representantes do Estado Islâmico, mas desistiu por causa de uma "impossibilidade financeira".

Com autorização da Justiça, a Polícia Federal monitorou mensagens trocadas pelo grupo nas redes sociais, principalmente Facebook e Twitter.

 

Fonte: Extra 

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Não afrouxar quarentena é recomendação de Mandetta, diz Marquinhos
Criança de 10 anos e pai morrem em acidente entre carro e caminhão na MS-164
Covid-19: Aulas em autoescolas seguem suspensas até dia 6 abril
Preso que fugiu de hospital após cirurgia continua foragido
Jovem é encontrada morta às margens do rodoanel de Ponta Porã
Ninguém acertou na Mega Sena e próximo sorteio será de R$ 4,8 milhões
Governo do Estado prorroga por mais 3 meses receitas de medicamentos da Casa de Saúde
Adolescente de 17 anos esfaqueou o tio por causa de buzina em Coxim
Motociclista é atacado por touro em estrada vicinal e morre após cair e ser pisoteado
Coronavírus: MS tem 31 casos confirmados e 47 suspeitos