Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
(67) 99820-0742
Set

Barricada no Chile retém caravana de torcedores do Flamengo que viajam a Lima para final da Libertadores

21 novembro 2019 - 17h30Por G1

A caravana de torcedores do Flamengo que viaja à final da Copa Libertadores em Lima, no Peru, ficou retida em uma barricada no norte do Chile nesta quinta-feira (21). Segundo o perfil oficial do clube no Twitter, o grupo passou mais de quatro horas esperando liberação dos manifestantes, o que ocorreu pouco antes das 14h.

Vídeos publicados pela conta do Flamengo mostram pneus incendiados e rolos de fumaça pela rodovia. Não há relato de qualquer tipo de confronto entre os manifestantes chilenos e os torcedores.

A caravana segue pelo Chile rumo a Lima, no Peru, onde o Flamengo enfrentará o River Plate (Argentina) às 17h (de Brasília) deste sábado (23).

O Chile vive uma onda de protestos iniciada em outubro com aumento no preço das passagens de metrô na capital, Santiago. Após forte repressão policial, as manifestações se converteram em uma larga insatisfação contra o presidente Sebastián Piñera — que iniciou processo para aprovar uma nova constituição chilena.

Santiago, inclusive, seria sede da final da Copa Libertadores. Entretanto, com o acirramento da violência nos protestos, a Conmebol — entidade máxima do futebol sul-americano — decidiu que o jogo ocorreria na mesma data, mas em Lima, capital do Peru.

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Auxiliar de cozinha pede ajuda para encontrar filha desaparecida há dois dias no Noroeste
Procon faz ‘batida’ para garantir passagens de ônibus de graça para idosos
Escorpiões invadem casas e Sesau registra mais de 4 casos por dia
Planalto: Bolsonaro retirou lesões causadas por exposição ao sol
Bolsonaro amplia saque do FGTS para R$ 998 e quem já tirou R$ 500 pode receber a diferença
Mergulhada em crise, prefeita quer aumentar em 55,27% o próprio salário
Caminhada na área central encerra ações da semana da primeira infância em Corumbá
Ciranda da morte na fronteira tem alta de 85% em 2019 e crimes entrelaçados
Homem que atacou criança na rua foi interditado judicialmente há 7 anos
Ladrões que invadiram casa sabiam de cofre e perguntaram sobre 50 mil