Menu
Busca quarta, 02 de dezembro de 2020
(67) 99820-0742

Vitória recoloca Brasil na liderança do ranking da Fifa após 7 anos

26 janeiro 2017 - 13h56

O jogo era amistoso, de amizade, mas valeu muito para a seleção brasileira. Com a vitória por 1 a 0 sobre a Colômbia, nesta quarta-feira (25), o Brasil voltou à liderança do ranking da Fifa quebrando um jejum que durava sete anos – a última vez que a seleção esteve na liderança do quadro foi em maio de 2010. Além disso, o técnico Tite manteve 100% no comando da equipe. Agora são sete vitórias, com 18 gols marcados e apenas um sofrido.

De acordo com as regras do ranqueamento da Fifa, a vitória contabilizou 582 pontos ao Brasil. Com isso, a seleção foi aos 2126 pontos e passou a Argentina, que tem 1634. Alemanha, com 1433, Chile, com 1404, e Bélgica, 1368, completam o Top 5. (A atualização do ranking ainda não foi divulgada oficialmente pela Fifa).

O ranking da Fifa começou a ser contabilizado em agosto de 1993. Na ocasião, o Brasil apareceu na oitava colocação. Mas, um mês depois, o time dirigido pelo então técnico Carlos Alberto Parreira assumiu logo a liderança. Desde então o País alternou bons e maus momentos. A pior colocação da história da seleção brasileira foi o 22º lugar em junho de 2013. Isso porque o Brasil não disputou as eliminatórias naquele ano já que era o país-sede da Copa de 2014. Pelos critérios da Fifa, jogos amistosos valem menos pontos que as partidas oficiais. (R7)

Deixe seu Comentário

Corona Dezembro

Leia Também

Mato Grosso do Sul busca parceria do BRB para ampliar linhas de financiamento
Polícia Civil aguarda laudo de corpo de jovem encontrado no rio Aquidauana
Desesperada, mãe paga R$ 13 mil para exorcizar filha, mas é decapitada por ela
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
Bolsonaro diz que é preciso coragem para encerrar auxílio emergencial
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário
Em Campo Grande, Adélio Bispo relata agressões e pede para voltar para MG
Espancado por causa de boatos de 'estuprador', homem morre no hospital
Vice-governador deixa comando do DEM em MS
Idoso é encontrado morto no Coophatrabalho