Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Ladário: Escola Marquês de Tamandaré ganha capitulo no livro "Trajetórias Formativas em Educação Integral em MS"

15 junho 2016 - 17h26

Ladário vêm ganhando mais espaço em todo o Estado, quando tratamos de Educação e mais uma vez o município ganhou destaque. Dessa vez, a Escola Marquês de Tamandaré ganhou um capitulo em um livro para relatar suas experiências junto ao ensino integral.

O livro Trajetórias Formativas em Educação Integral no Estado de Mato Grosso do Sul, escrito pela professora mestre, Michelini Moraes é fruto da integração entre professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e os Professores da Rede Pública de Ensino no estado e tem como objetivo colaborar com o debate sobre a qualidade do ensino, suscitando novas práticas de educação integral para sujeitos integrais.

O lançamento da obra que aconteceu na noite de sexta-feira, 10 de junho, no Sesc- Corumbá faz parte do I Seminário Intermunicipal de Educação Integral - Projetos e Práticas Inovadoras: Tecendo as redes da Educação Integral em Corumbá e Ladário e contou com a presença dos profissionais da educação de Ladário que junto com Michelini escreveram um capítulo intitulado “O Programa Mais Educação na Escola Municipal Marques de Tamandaré”.

O Seminário onde o livro foi apresentado tem como intuito difundir a discussão sobre as políticas públicas de educação integral nos municípios de Corumbá e Ladário, visando elaborar redes interlocutoras que fomentem os projetos educativos.

Ladário

A Escola Marquês de Tamandaré enfatizou o uso do Programa Federal Mais Educação, programa este que funciona como contra turno escolar.

No capítulo foram abordadas diversas situações rotineiras no ambiente escolar, bem como benefícios e dificuldades encontradas para que o mesmo seja mantido.

Na instituição as oficinas escolhidas para serem trabalhadas com os mais de 200 alunos participantes, foram: letramento que nada mais é que o ensino da língua portuguesa e da matemática; rádio; fanfarra; recreação e dança.

O artigo escrito por Everize Varanis, licenciada em pedagogia pela Anhanguera Uniderp e professora da Reme; Renato Giordando Teixeira, licenciado em pedagogia pela UFMS e pós-graduado em Gestão Escolar também pela UFMS; e Robson  Correa de Barros, licenciado em pedagogia pela Anhanguera Uniderp, pós graduado em psicopedagogia pela Unopar e pós graduado em Inclusão Social pela Universo, e ex- coordenador municipal do Programa Mais Educação no município, têm por objetivo apresentar os pressupostos do Programa Mais Educação desenvolvido atualmente na Escola Municipal Marquês de Tamandaré  em Ladário, bem como significado que o mencionado programa tem para os educandos dessa entidade escolar, em especial, aos que se encontram em condições de vulnerabilidade social. 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa- PML 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em Corumbá, Polícia Militar realiza a prisão de indivíduo por furto
Diretor-presidente do Detran-MS também testa positivo para coronavírus
Após aborto espontâneo, Mariana Rios faz desabafo emocionante
Carreta carregada com celulose pega fogo em Três Lagoas
Crise faz número de falências saltar de 71,3% em junho; especialistas veem piora
Homem tenta vender capacete falso de Ayrton Senna por R$ 50 mil
Covid-19: governo prorroga programa de redução de salários e jornada
Polícia prende assaltantes e criança tenta jogar arma do pai fora em MS
Acadêmico de engenharia perde luta contra covid-19 em Campo Grande
Jovem é assassinado com tiro na boca ao defender a tia de agressor que invadiu casa