Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Ladário celebra seis anos da Apa Baía Negra neste sábado (24)

20 setembro 2016 - 13h28

Em 2016 a Área de Preservação Ambiental Baía Negra comemora seis anos, por isso, a Fundação de Meio Ambiente realiza em parceria com secretarias e outras fundações da administração municipal uma intensa programação festiva.  A APA é única área de proteção ambiental do Pantanal. 

O evento que acontecerá no dia 24 de setembro durante todo o dia, terá inicio às 8h00 e contará com apresentações culturais, esporte aventura e contemplativo, bem como de exposições relacionadas à vida na localidade com a participação da Marinha do Brasil; da PMA com os Florestinhas; PrevFogo; Ibama; Embrapa Pantanal, UFMS, Geopark Bodoquena Pantanal, Corpo de Bombeiros, Artesanatos locais  e moradores da região que ficarão responsáveis pela praça da alimentação.

O local das atividades será na antiga pousada Vitória Régia, hoje sede do comitê gestor da APA, parte rural do município. A entrada é gratuita.

A unidade de conservação possui aproximadamente seis mil hectares de domínio da União, hoje ocupada por uma comunidade ribeirinha que sobrevivem da   cultura de subsistência, criação de pequenos animais, a extração de arroz, pesca artesanal com captura de iscas e donos de pousadas. .

A Apa Baía Negra é a primeira Unidade de Conservação de Uso Sustentável no Pantanal, que agrega preservação ambiental e sobrevivência das populações tradicionais.  O objetivo é a ocupação sustentável, pois o local possui um valor inesgotável de riquezas históricas, turísticas e arqueológicas, como apontaram os estudos feitos pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU) na região, durante a sua criação.

A área de proteção ambiental está dividida em zonas com delimitações das atividades permitidas, restringidas e proibidas, em cada uma delas. Hoje, aproximadamente 48 famílias vivem na Apa Baía Negra.

Significativa e importante para o contexto histórico do município, a APA também foi considerada como o melhor lugar deste ano para ser realizado a final do campeonato nacional de Enduro de Regularidade. A cidade receberá pilotos de diversos estados do Brasil para o 5º Enduro Pantaneiro, evento esse já consagrado no estado será válido pela 9ª e 10º etapa do Estadual de Enduro de Regularidade e também para a grande final do Campeonato Brasileiro de Regularidade 2016.

Os dois dias de prova serão nas localidades da Área de Proteção Ambiental (APA Baía Negra). O percurso dessa edição será totalmente diferente dos anos anteriores e a mais nova trilha é a “Caveirinha” com muitas pedras em com uma subida de dois mil metros de altura, além de adrenalina os competidores também poderão desfrutar de um visual único e deslumbrante do Pantanal.

No sábado dia 24 às 9h00, a largada oficial será em frente ao Pórtico da Marinha e as trilhas  terão o percurso de aproximadamente 150 km de nível médio com baixa dificuldade. Já no domingo, 25, a largada oficial será às 08 horas em frente ao Pórtico da Marinha. A prova é opcional apenas para os pilotos do Campeonato Estadual e o percurso terá aproximadamente 140 km, com trilhas de nível alto e maiores dificuldades, onde a resistência e superação serão os fatores decisivos da prova.

O campeonato, bem como todas as programações que acontecerão durante o período matutino e vespertino na APA, fazem parte das comemorações do sexto ano de criação da Baía Negra como Área de Proteção Ambiental.

 

Fonte: Assessoria PML

Deixe seu Comentário

Leia Também

INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135
Indústria da construção mostra sinais de recuperação, diz CNI
Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia
Sampaio Corrêa e Moto Club duelam no 1º jogo da final do Maranhense
Senadores da Comissão do Pantanal aprovam cronograma de trabalho
IBGE: em MS, 15% dos que realizaram testes para Covid-19 até agosto testaram positivo
Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro
Brasileirão: Thiago Neves pode estrear no Sport em duelo contra Timão
Chuva no Rio de Janeiro em um dia supera média do mês
Justiça marca júri de acusado de matar professora com 36 facadas