Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Espetáculo de dança "Patas Arriba" será apresentado sábado em Corumbá

09 janeiro 2017 - 14h44

Corumbá recebe neste fim de semana o espetáculo de dança “Patas Arriba”. Baseada na obra do escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano, a atração será apresentada na sede da Oficina de Dança, localizada na rua Antônio João, entre Delamare e a avenida General Rondon, neste sábado, 14 de janeiro, às 20 horas, com entrada gratuita.

 

O espetáculo foi contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015 e integra o projeto Fronteiras Imaginárias, que leva a dança por várias do Brasil, em cidades-gêmeas e da faixa de fronteira com Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. A circulação abrange cidades nos estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

Em Corumbá, o espetáculo terá a parceria da Prefeitura, por meio da Fundação de Cultura e Patrimônio Histórico. Ainda no sábado, um workshop de dança de rua e dança contemporânea será promovido pelos coreógrafos na Oficina de Dança, das 14h às 16 horas. A inscrição é gratuita e será feita no próprio local.

 

Patas Arriba – Fronteiras Imaginárias

 

Através da literatura de Galeano, autor contemporâneo, um dos mais célebres de toda a América Latina, surge a inspiração para um trabalho coreográfico engajado no questionamento de uma sociedade controversa e na poética da simplicidade dos meios de vida.

 

Em Patas Arriba, Galeano revela um mundo de desigualdades sociais e contradições nas relações impostas por diferentes formas de poderes, mas ao final da obra convida o leitor a um “voo”, a usufruir do “direito ao delírio”. A mensagem de Galeno, então, revela uma verdade contundente ao passo que promove uma possibilidade de reação, pois para o próprio autor “a primeira condição para modificar a realidade consiste em conhecê-la”.

 

É no “direito ao delírio” proposto em Patas Arriba, que o coreógrafo Rui Moreira buscou elementos para a composição coreográfica do espetáculo, que teve estreia em dezembro de 2014 em Porto Alegre/RS e Caxias do Sul/RS, em janeiro de 2015. Esta criação foi realizada com recursos do Prêmio Funarte de Dança  Klauss Vianna 2013.

 

Dando continuidade ao trabalho, a produtora Humanitas Arte e Cultura propôs e foi agraciada uma vez mais com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015 – para promover a circulação do espetáculo Patas Arriba com o projeto Fronteiras Imaginárias, pelas Regiões Centro-Oeste e Sul do Brasil, em cidades-gêmeas e da faixa de fronteira com Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. A circulação abrange cidades nos estados de Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

A criação de Rui Moreira é a um só tempo fator que legitima qualidade artística ao projeto por sua reconhecida trajetória e que promove a integração cultural entre o Brasil e os países vizinhos, a partir da obra de Eduardo Galeano.  (Assessoria PMC)

Deixe seu Comentário

Leia Também

INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135
Indústria da construção mostra sinais de recuperação, diz CNI
Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia
Sampaio Corrêa e Moto Club duelam no 1º jogo da final do Maranhense
Senadores da Comissão do Pantanal aprovam cronograma de trabalho
IBGE: em MS, 15% dos que realizaram testes para Covid-19 até agosto testaram positivo
Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro
Brasileirão: Thiago Neves pode estrear no Sport em duelo contra Timão
Chuva no Rio de Janeiro em um dia supera média do mês
Justiça marca júri de acusado de matar professora com 36 facadas