Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Da música ao teatro: confira as atrações regionais do Festival América do Sul

10 outubro 2019 - 10h00Por Lado B

A galera daqui que irá esbanjar talento durante o Festival América do Sul Pantanal já está selecionada. Grupos de dança, teatro, circo e música do Estado terão espaço garantido a edição 2019, que acontece de 14 a 17 de novembro em Corumbá e Ladário.

 

Foram selecionados os projetos que participaram dos editais de seleção organizados e lançados pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul em setembro.

Na música foram indicados quatro projetos encaminhados para a comissão de seleção, composta pelo músico e professor Demétrius de Oliveira Hernandes, pela produtora cultural Ana Carolina Pereira de Carvalho e pelo servidor público Márcio Rodrigues Breda.

Para o Palco Integração foram selecionados: Guilé, Quarteto Samba Choro e Renato Jackson. Como suplentes ficaram Gideão Dias, Beget de Lucena e Maringá Borgert. Eles se apresentarão na Praça Generoso Ponce, em um espaço capaz de receber milhares de pessoas.

Para o Moinho Cultural a atração é a banda Videosonic, que fará apresentação totalmente instrumental, de acordo com o edital.

Já o Palco Ladário não recebeu inscrições, sendo a seleção feita pela própria Fundação de Cultura, levando em conta as normas do próprio processo seletivo.

Já na dança foram designadas duas propostas, cujas apresentações acontecem na Praça da Independência, em palco próprio e na Caixa Cênica. Os aprovados foram: “R.U.I.A”, da Cia. Dançurbana e “Delírios – Traços dançantes em Lídia Bais”, de Tarsila Bonelli Calegari Paulino. Como suplentes foram selecionados “Desassossego”, de Vinícius Souza Barboza – TEZ Cia. de Dança e “Matiilha”, de Irineu de Castro Queiróz Junior.

Participaram da comissão de seleção Emanoel Luiz Saez, arte educador e professor de dança, Carla Aparecida de Campos Melo, bailarina e coreógrafa e Júlia Aissa Vasconcelos de Oliveira, produtora cultural de dança.

Para o teatro e circo, a comissão selecionou três propostas, cujas apresentações acontecem na Praça da Inpendência, na Caixa Cênica e na Tenda Circo. As peças escolhidas foram “Uma moça da cidade”, do Ubu Grupo de Artes Cênicas e “Navegantes”, de Eros Bigatão Rios. Como suplentes ficaram “Jaity Muro”, do Grupo Orendive e “João e o Pé de Feijão na Terra do Nunca”, do Circo do Mato.

Já o espetáculo “Banana”, do Circo Le Chapeau, foi selecionado para se apresentar na categoria Circo.

Participaram da seleção Nill Amaral, diretor teatral, Elaine Guarani, atriz e produtora e Anderson Lima, ator, palhaço e produtor.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corumbá tem mais 15 positivos, e totaliza 44 casos de Covid-19
CNC: confiança do empresário do comércio cai 20,9 de abril para maio
Municípios aderem a repasse para ajudar Sistema de Assistência Social
Vacinação contra H1N1 é prorrogada para público de todas as fases
Contribuinte ainda pode destinar parte do Imposto de Renda para o CMDCA
Vereador diz que 54% das mortes de covid-19 são de pretos e pardos
Exposedcg: denunciado por estupro no Twitter procura a delegacia e relata calúnia
Com 33 novos casos, Dourados supera Campo Grande e já tem maior número de Covid-19 em MS
Coronavírus chegou ao Brasil pela Europa, América do Norte e Oceania
Rio de Janeiro começa reabertura gradual das atividades