Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Primeiro concurso da Assembleia terá 80 vagas e salários de até R$ 4,5 mil

14 julho 2016 - 14h40

A Fundação Carlos Chagas assinou nesta quinta-feira (14) o contrato para realizar o primeiro concurso da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul com um total de 80 vagas distribuídas entre nível médio e superior.

De acordo com o presidente da Casa, deputado estadual Junior Mochi (PMDB), são 21 cargos disponibilizados, entre eles os de advogado, jornalista, médico, enfermeiro, economista, biblioteconomista, agente de segurança e agente legislativo. Para o nível superior, o salário é de R$ 4.566 e para nível médio, R$ 2.790, calculado com base na média salarial dos servidores do Legislativo local, mais adicionais. 

Mochi explica que o processo de seleção da empresa foi feito com o convite às três maiores entidades do Brasil em concurso, feito por meio de pedido de orçamentos. O menor valor foi o da Fundação Carlos Chagas, ao custo de R$ 900 mil.Em abril, a Oppus Concursos Públicos foi classificada em primeiro lugar com o valor global de R$ 79,9 mil, em processo anulado por estar muito abaixo do valor de mercado para um concurso deste porte, avaliado, na época, em cerca de R$ 600 mil.

Os novos servidores concursados deverão ser empossados em janeiro de 2017, junto com a volta do recesso legislativo. As inscrições começam no dia 20 de julho e vão até o dia 15 de agosto. A prova objetiva está prevista para o dia 25 de setembro, com previsão de homologação dos resultados em dezembro.

Questionado se funcionários da Casa terão vantagens no concurso, o presidente não deixou a questão clara. “A prova será feita em duas partes, que é a objetiva e a prova de títulos. Não haverá nenhum tipo de interferência na prova, que é de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas. Na titulação, o edital vai especificar o que poderá ser considerado”, afirmou.

O edital deverá ser divulgado nesta sexta-feira (15) e as inscrições custam R$ 105 para nível superior e R$ 85 para nível médio. 

 

Fonte: Midiamax

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Criança atropelada na MS-276 está internada em estado gravíssimo
Morador de Rio Brilhante morre de covid-19 aos 55 anos
Capotamento de Hilux destruiu raio-x que seguia para a UPA Universitário
Brasil chega aos 70 mil mortos pela covid-19
Em 14 dias, ocupação das UTIs de Campo Grande quase dobrou e chega a 75%
Ex-secretário de Saúde do Rio estava com R$ 6 milhões em espécie
Justiça rejeita pedido de interferência na Prefeitura de Dourados sobre falta de leitos
Polícia fiscaliza 12 toneladas de pescado em Campo Grande e encontra irregularidade
Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença