Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Costureiro ladarense prepara a roupa da Corte de Momo para o Carnaval 2017

15 fevereiro 2017 - 12h55

Ele começou a carreira há 15 anos, fazendo as roupas do mestre sala e da porta bandeira do Grêmio Recreativo e Escola de Samba Unidos da Vila Mamona. Hoje é costureiro oficial da Escola de Samba Império do Morro e, além disso, vai vestir o Rei Momo Erivelton, a Rainha Thaymara, e as princesas Pâmela e Laura Helena, que compõem a Corte do “Carnaval Eco Folia ladarense 2017”

“Eu estou fazendo um figurino bastante luxuoso para que eles possam brilhar no carnaval”, disse Francisco Pinheiro, mais conhecido como Chico Costureiro, o aluno do professor Benevides da Vila mamona, que reside na parte alta de Ladário, no bairro Almirante Tamandaré.

“Ele foi meu mestre, com Beni aprendi praticamente tudo o que eu sei hoje”, afirma Francisco emocionado, ao lembrar de suas raízes. “Eu comecei na Vila Mamona, no barracão de dona Gregória. Eu deslocava do bairro Dom Bosco e ficava observando o costureiro que mexia com porta bandeira.   

Para ele, que pela segunda vez vai vestir a Corte ladarense, mais do que um prazer profissional, é uma grande honra fazer parte de uma festa tão fantástica como o carnaval e ainda de forma tão marcante. E, é essa paixão que move Chico em seus cortes e costuras na confecção do figurino momesco.

“Eu vou cuidar da corte durante os cinco dias, eu vou estar com eles na passarela do samba”, garantiu Francisco. Ele também será o responsável pela higienização e todos os cuidados necessários com a roupa da Corte durante o período do carnaval.

Francisco elogia a Corte, que segundo ele, foi muito bem escolhida. “Os jurados souberam julgar tanto a plástica quanto o samba no pé”, disse. “As meninas que foram eleitas além de serem muito bonitas são simpáticas também, o nosso rei momo é jovem e muito bom de samba, muito simpático, é um time muito bom”, avaliou.

Para Chico, o maior desafio deste carnaval é manter o conjunto. “Por eles serem bonitos, por terem uma plástica boa, esse conjunto tem que ser observado”, ponderou ao afirmar que acredita que, este ano, Ladário terá uma das cortes mais bonitas e mais bem vestidas da história do carnaval.     (Assessoria de Imprensa PML)

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGU cobra na Justiça R$ 893 milhões de desmatadores da Amazônia
Ocupação de UTIs tem risco baixo em 17 estados e crítico no Rio e GO
Focos de calor no Tocantins seguem padrão do clima, diz Defesa Civil
SP fecha último hospital de campanha para tratamento de covid-19
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
SP subsidia compra de computador para professor da rede estadual
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
São Paulo anuncia ampliação de testes da fase 3 da vacina CoronaVac
Lei prorroga incentivo fiscal para exportadores durante pandemia
Polícia do Rio desarticula grupo que aplicava golpe da casa própria