Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Rufo solicita ao Governo do Estado construção de escolas na parte alta

04 abril 2017 - 18h37Por Assessoria de Comunicação da Câmara

A falta de vagas nas escolas é um problema que vem preocupando o vereador Rufo Vinagre (PR), que na sessão desta terça-feira, 28, solicitou ao Governo do Estado a construção de novas escolas estaduais na parte alta da cidade.

O vereador lembrou que a última escola estadual construída no município foi a Gabriel Vandoni de Barros, no Bairro Maria Leite, em 1988, e que hoje existe uma grande carência nas vagas para as crianças da parte alta, região que mais cresce na cidade.

“Hoje a nossa cidade só pode crescer na parte alta. Como prova disso temos a construção dos residenciais Flamboyant 1,2 e 3, no Guató, e o Buriti, no Jardim dos Estado. Quando as famílias se mudarem para os residenciais, não haverá escola suficiente para atender todas as crianças”, explicou o vereador.

Ainda segundo Rufo as escolas Maria Helena Albaneze e Nathércia Pompeo dos Santos já não têm mais vagas para atender as famílias que moram perto desses estabelecimentos, e são obrigadas a levar seus filhos até outra unidade educacional.

“Sabemos que a educação é a única esperança para um futuro melhor, por isso faço esse pedido ao governo para que pense com carinho nas crianças que podem ficar sem estudo. Já se vão mais de 30 anos que o estado não constrói uma escola. Agora, com a entrega dessas residências, seria uma ótima hora para construir uma escola já que existe terreno próximo desses residenciais para a construção da mesma”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Senador conquista R$ 38 milhões da União para MS
Áreas de biomas brasileiros caíram 8,34% entre 2000 e 2018
Ministra diz que "culpar homem do Pantanal" por incêndios é injustiça
Advogado preso tentando entrar com droga no presídio assina termo e volta para casa
Rapaz é morto ao tentar defender mãe de assalto em lanchonete
Homem é preso acusado de estuprar cunhada de 12 anos em aldeia
Comerciante tenta invadir delegacia e acaba morto em Glória de Dourados
INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135
Indústria da construção mostra sinais de recuperação, diz CNI
Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia