Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Professores de MS param na sexta em protesto contra medidas de Temer

06 junho 2016 - 22h14

As escolas da rede de ensino municipal e estadual vão paralisar as aulas na próxima sexta-feira (10) em protesto organizado pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação), contra as medidas propostas pelo governo provisório do presidente interino Michel Temer (PMDB).

O presidente da Fetems, Roberto Botarelli, destacou que as propostas do governo provisório serão prejudiciais aos profissionais da educação. “Entre as nossas reivindicações está a luta contra a alteração do reajuste do piso salarial nacional, contra a medida que prevê o fim do concurso público, os royalties do petróleo e do pré-sal”, citou.

Roberto acredita que todas as escolas da rede pública do Estado irão aderir a manifestação. Um ato será realizado na Capital na sexta-feira a partir das 08 horas. Segundo o presidente, caravanas de diversas cidades devem vir a Campo Grande para participar, e Três Lagoas já confirmou que enviará três ônibus com profissionais da área para o protesto.

A manifestação faz parte do chamado nacional da CUT (Central Única dos Trabalhadores) para que as categorias lutem contra as medidas que estão sendo propostas pelo governo provisório.

Roberto explicou que a Fetems autorizou que os profissionais entrassem nas reivindicações das pautas que envolvem a educação. “A CUT chamou para o ato no dia 10 e nós vamos para defender a educação. É um recado para o governo federal de que não vamos aceitar essas propostas calados. São conquistas que conseguimos ao longo da história do país, e não vamos aceitar que um governo ilegítimo, porque nós não reconhecemos como legítimo, altere o plano nacional de educação. Os trabalhadores que vão pagar o pato por isso, e vamos lutar para que isso não ocorra”, finalizou.

Via: Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bebê é achado morto em quarto de hotel; pais estão detidos
Em Dourados, médicos têm salários reduzidos durante a pandemia
PF faz novas buscas na casa de jornalista bolsonarista preso em Campo Grande
Portador de Alzheimer, Luiz desapareceu na Piratininga e filho pede ajuda para encontrá-lo
Infectada pela covid, mãe morre no parto e bebê sobrevive em Dourados
PMs flagram homem carregando cabeça decepada em SP
Corpo achado no Rio Paraguai segue sem identidade nem procura de familiares
Brasil tem mais 1.290 falecimentos por causa da covid-19
Com 16 mortes em 24h, MS vai a 107 óbitos por coronavírus e 9.388 doentes
Saúde compra 20 mil exames para diagnóstico de coronavírus pelo valor de R$ 377 mil