Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 99820-0742
Corona

MEC discute reformulação no Fies e quer ampliar número de vagas

15 julho 2016 - 19h11

O Ministério da Educação discute um novo modelo para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A reformulação deverá garantir a sustentabilidade do programa e ampliar o número de vagas ofertadas, de acordo com o ministro da Educação, Mendonça Filho. A expectativa é que a novo modelo, chamado pelo ministro de Fies Turbo, possa ser lançado em 2017.

“Inauguramos um processo de discussão envolvendo as instituições privadas de ensino e esse processo nos levará a uma revisão completa, profunda e sustentável do Fies com um novo Fies a ser lançado. Esse novo Fies demandará um processo de discussão de 6 a 8 meses”, explicou em entrevista coletiva.

O ministro da Educação disse que a discussão contará com a participação das instituições privadas de ensino, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica, especialistas e acadêmicos. Mendonça Filho citou também a possibilidade de participação de bancos privados.

Mais vagas

Ele informou que o ministério estuda ainda a ampliação da oferta de vagas do Programa Universidade para Todos (ProUni) com a mudança dos critérios para a ocupação de vagas remanescentes. “Queremos modificar a regulação com relação ao uso de vagas do ProUni utilizando vagas remanescentes que estão disponíveis e que, até então, não são utilizadas tendo em vista o critério regulatório atual”, disse.

Mendonça Filho destacou que é preciso ampliar o percentual de estudantes na educação superior para alcançar as metas do Plano Nacional de Educação (PNE).

 

Fonte: Agência Brasil 

Deixe seu Comentário

TECNODENTAL
Set 2

Leia Também

Após 4 anos, Esacheu Nascimento deixa o comando da Santa Casa de Campo Grande
Servidor morre de dengue hemorrágica em Itaquiraí
Primeiro-ministro Boris Johnson está infectado com o coronavírus
PM de folga prende homem armado com foice após tentativa de assassinato
Acusado de matar namorada com tiro na cabeça é preso
Especialista de MS cobra auxílio para autônomos o mais rápido possível
Após decreto, lotéricas reabrem e controlam entrada de pessoas em Campo Grande
Em 3 dias, 131 moradores de rua já foram levados para pontos de acolhimento
Após discurso de Bolsonaro, violações ao toque de recolher subiram 400% em Campo Grande
Lacen descarta mais um caso suspeito de COVID-19 em Corumbá