Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
(67) 99820-0742

Inscrições para o Fies do primeiro semestre de 2017 estão abertas

08 fevereiro 2017 - 11h54

As inscrições para o Financiamento Estudantil (Fies) foram abertas por volta das 14h45 desta terça-feira (7) e devem ser feitas pelo site http://fiesselecao.mec.gov.br. O prazo inicial do Ministério da Educação era de que o sistema começasse a funcionar ao meio-dia.

Os estudantes podem consultar as 150 mil vagas desta edição filtrando por curso, instituição ou município. Para se inscrever, é necessário incluir dados como CPF e senha.

Esta edição já passa a vigorar sob novas regras anunciadas na tarde de segunda-feira, que preveem limite de financiamento de R$ 5 mil por mensalidade.

O prazo de inscrição desta edição do primeiro semestre de 2017 vai até as 23h59 desta sexta-feira (10). A chamada única e lista de espera saem na próxima segunda-feira (13), segundo o edital do programa publicado no Diário Oficial da União desta terça.

Serão oferecidas 150 mil vagas de contratos de financiamento. Em janeiro, o governo havia garantido que o número de novos contratos do programa em 2017 seria pelo menos igual ao de 2016, ou seja, no mínimo 220 mil, considerando os dois semestres. No primeiro semestre de 2016, foram abertas 149 mil novas vagas.

Pode se inscrever o candidato que tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e tenha obtido média mínima nas provas de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Também é necessário ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Na segunda, o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou uma redução em 34,7% no valor máximo das mensalidades financiadas. Sendo assim, o limite passa a ser de até R$ 5 mil por mensalidade.

O novo teto sinaliza, segundo o ministro Mendonça Filho, o primeiro passo na reestruturação completa do Fies. Atualmente, um grupo do MEC em conjunto com representantes da Fazenda trabalha em alterações que devem ser anunciadas no fim de março.

O Fies oferece contratos de financiamento de cursos de graduação em universidades e faculdades particulares. Os candidatos são selecionados com base em suas notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e por critérios socioeconômicos. Atualmente, o Fies financia cerca de 1,5 milhão de estudantes no Brasil, com cerca de 49,8% de inadimplência.

Neste ano, o MEC prevê gastar R$ 1,5 bilhão com novos contratos. O desembolso total do governo já ultrapassa R$ 20 bilhões com os contratos de financiamento, sendo que além deles ainda há cerca de R$ 9 bilhões extras com custos fiscais. (G1 MS)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul reduz índices de violência durante pandemia
Motorista morre ao cair em córrego e ter caminhonete crivada de balas em Campo Grande
Seguindo os passos do avô, piloto da PM tem orgulho em servir a sociedade
Candidato a prefeito diz à polícia que carro foi 'peneirado' de tiros
Ladrão é preso minutos depois de cometer assalto no Universitário
Homem é espancado a pauladas e abandonado à própria sorte em Três Lagoas
Acidente entre carro e carreta deixa três mortos na BR-262
Presidente da Samsung morre aos 78 anos
Homem leva golpes de facão na cabeça em Dourados
Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac