Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99820-0742

Educação no Trânsito: Agetrat conscientiza motoristas quanto ao uso de calçado adequado para dirigir

13 julho 2016 - 16h51

As infrações no trânsito devido ao uso de calçado inadequado para dirigir veículos (carros e motos) têm aumentando consideravelmente em Corumbá. Somente no primeiro semestre desse ano, mais de 150 multas foram aplicadas na cidade e isto fez com que a Agência Municipal de Trânsito e Transporte da Prefeitura (Agetrat) iniciasse uma campanha na área urbana, para reduzir as estatísticas.

A ação foi iniciada na manhã desta quarta-feira, 13, com uma blitz educativa na Rua Frei Mariano, entre a Dom Aquino e Treze de Junho, área central da cidade, com participação de agentes de trânsito e de outros servidores da Agetrat.

“Aumentaram consideravelmente as notificações de trânsito devido ao uso inadequado de calçado, tanto de motoristas dirigindo seus veículos, ou mesmo de motoqueiros. Somente no primeiro semestre foram mais de 150 multas expedidas. Por isso decidimos iniciar esta campanha, para conscientizar a população”, explicou Alexandre Vasconcellos, diretor da Agetrat.

Ele lembra que dirigir veículos (carro ou moto) com calçado que não fique firme nos pés, além de ser uma infração de trânsito, coloca em risco a vida de quem está cometendo o ato, bem como de terceiros. “As infrações mais comuns foram devido a uso de chinelos e tamancos. Dirigir dessa forma é uma infração leve, a pessoa perde quatro pontos na carteira, além de uma multa de R$ 85,00”, citou.

Na ação desta manhã, os agentes e servidores procuraram conversar com motoristas e condutores de motos, explicando que o Código de Trânsito Brasileiro, em seu artigo 252, diz que é proibido dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa o uso do freio, da embreagem ou do acelerador.

São os casos dos chinelos, sandálias e outros calçados parecidos que não possua hastes ou tiras, que podem ficar presos, acelerando ou freando no momento indevido, podendo causar algum tipo de colisão ou acidente mais grave.

Especialistas citam que dentre todos os calçados que são proibidos na hora da direção, os chinelos são, sem dúvida, os mais perigosos, pois causam instabilidade e podem ficar presos no assoalho do carro, dificultando um reflexo por parte do motorista, caso ocorra algum obstáculo durante a direção.

 

Fonte: PMC

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contas públicas podem ter déficit de R$ 871 bilhões este ano
Cão fica preso em buraco e é resgatado pelos bombeiros em Corumbá
Em agosto, venda na indústria paulista foi 3,9% maior que em fevereiro
Casos de coranavírus disparam em penitenciária da fronteira
Força-tarefa vai restaurar Palácio do Itamaraty no Rio
Depois de quase um mês estável, taxa de letalidade volta a aumentar em MS
Governo anuncia Renda Cidadã, com recursos de precatórios e do Fundeb
Para impedir avanço do fogo, Operação Pantanal II adota nova estratégia
51 prefeitos de Mato Grosso do Sul disputam a reeleição em 2020
'Lula' e 'Bolsonaro' disputam vagas para vereador em todo Brasil