Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99820-0742
Set

Aprovados em concurso da PM e Bombeiros se mobilizam, mas SAD não tem data para convocação

13 setembro 2019 - 16h45Por MidiaMax

Três meses após a divulgação do resultado do TAF (Teste de Aptidão Física), os candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros se mobilizam para cobrar posicionamento do Governo do Estado sobre a convocação. No entanto, a SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) afirmou que data ainda não tem prazo para sair. Os aprovador pedem um novo cronograma dos concursos.

Os aprovados se mobilizaram para pedir novo cronograma | Foto: Divulgação

Conforme a SAD, os recursos dos candidatos do TAF ainda estão sendo avaliados e que a convocação dos aprovados será ao longo do contrato com a Fapems e, além disso, explicou que o chamado exige verba do Governo.

“Ressaltamos que a convocação dos aprovados para o Curso de Formação será ao longo do prazo de validade do certame e de acordo com a capacidade orçamentária e financeira do Estado”, disse SAD através da assessoria de imprensa.

A validade do contrato com a Fapems, organizadora do certame, é de dois anos, conforme publicado no edital do concurso em 9 de abril de 2018, na página 5, podendo ser prorrogado por mais dois anos, uma única vez.

Divulgação do TAF

A SAD divulgou no dia 12 de agosto as filmagens e a cronometragem individual na prova da corrida para os concursos da PM (Polícia Militar) e Corpo de Bombeiros. Entretanto, logo que as provas foram divulgadas, candidatos já começaram a perceber erros no material e temem não conseguir interpor recurso.

Um candidato ao concurso para a PM, que não quis se identificar, conta que o tempo marcado na filmagem está dessincronizado, impedindo que ele possa provar que conseguiu concluir a corrida a tempo. Além disso, até mesmo a data está errada na filmagem, registrada no dia 1° de janeiro de 2016.

Demora nos concursos

Os concursos para a PM e Bombeiros são marcados por polêmicas, principalmente por conta da demora. Os concursos chegaram a ficar ‘travados’ por quatro meses, depois de terem os cronogramas suspensos pelo Governo do Estado em dezembro do ano passado. O TAF só foi realizado em maio deste ano. Em junho, o resultado do TAF foi publicado, quando os candidatos poderiam pedir pelas filmagens da prova.

O concurso público de provas para ingresso no curso de formação da Polícia Militar oferece 450 vagas, sendo 388 para o cargo de soldado, 50 vagas para oficial combatente e 12 vagas para oficial de saúde. Já o concurso do Corpo de Bombeiros tem disponibilidade 200 vagas, sendo 153 para o cargo de soldado, 23 para oficial, 12 para oficial de saúde, e 12 vagas para oficial especialista

Deixe seu Comentário

Set 2
TECNODENTAL

Leia Também

Homem é preso suspeito de estuprar dois adolescentes em chácara
Senadora de Mato Grosso do Sul tem número de celular hackeado
Ladrão é preso por moradores após roubar celular de mulher
Aos 15 anos, nadador de MS embarca para Lima em busca de medalhas
Grupo na Base Aérea de Anápolis pode sair da quarentena antes do prazo previsto, diz Ministério da Saúde
Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas de motim da Polícia Militar
Prefeitura entrega uniformes e solidifica ciclo de investimentos na Saúde, Cultura e Educação
Vila Mamona faz reedição de samba e relembra sua 1ª vitória
Denunciado por crime de ódio é citado após MPMS dizer que ele ‘fugiu’ por meses
Secretaria de Saúde faz no dia 27 audiência pública para apresentar relatórios do 3° quadrimestre