Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99820-0742
Set

Ampliação do programa bilíngue marca 90 anos do Colégio Dom Bosco

02 dezembro 2019 - 12h00Por Campo Grande News

Em 2020 o Colégio Dom Bosco completa 90 anos de história. Líder quando o assunto é educação, a formação integral do aluno é o ponto chave desde a formação humana até a cognitiva. Para complementar esse desempenho e dar início às comemorações de aniversário, a escola ampliou o programa bilíngue para 2020, agora do 1° ao 8° ano do Ensino Fundamental.

Dentro do programa em parceria com a International School, que oferece um programa completo e diferenciado para a escola, o inglês deixa de ser uma disciplina para ser uma linguagem. O aluno aprende o idioma dentro do seu cotidiano, ou seja, de maneira efetiva.

O programa tem diferenciais como a exigência de um professor fluente para ministrar as aulas e abordagem de metodologias inovadoras, que facilitam o aprendizado tanto do inglês como de outros idiomas.

“Ainda existe a interdisciplinaridade com a robótica, Lego Education e Minecraft Education, por exemplo”, explica a coordenadora pedagógica Cristiane Sartorelli. “O programa ministra conteúdos de maneira integrada, não apenas ensinando ao aluno um novo idioma, mas desenvolvendo nele a capacidade de lidar com a diversidade cultural e dialogar com as diferenças garantindo valores que o acompanharão na vida”, completa.

Com cinco aulas semanais, o material oferecido pelo programa gera um aprendizado dinâmico e repleto de experiências, desde leitura até atividades sensoriais para cada fase do aluno efetivando os primeiros passos no inglês de maneira lúdica.

Ciente de que a tecnologia está em constante evolução, o Colégio Dom Bosco tem como ferramenta no programa bilíngue uma coleção de jogos que garantem o contato constante dos alunos com o inglês. Além disso, possuí um aplicativo para comunicação entre pai, alunos e a própria International School.

Além das novidades com programa bilíngue, considerando que a qualidade do ensino é o objetivo constante da escola, o Ensino Infantil, Fundamental, Médio e Cursinho possuem muitos diferenciais.

Na Educação Infantil, o Colégio recebe crianças com idade a partir de 1 ano e 4 meses em uma estrutura familiar, acolhedora e exclusiva.

Os alunos têm brinquedoteca, parque, biblioteca planejada para incentivar a leitura desde muito cedo, quadra de esportes, oficina de musicalização, aulas de Língua Inglesa, laboratório de informática, tudo isso dentro de salas amplas e climatizadas em ambiente exclusivo para crianças.

A escola ainda oferece opção de contra-turno a partir de 2 anos de idade. Ou seja, é possível que o aluno fique mais tempo na escola e realize diversas atividades extracurriculares, das 6h40 às 17h40. Nesse caso, não está inclusa a alimentação.

No Ensino Fundamental, além do Ensino Bilíngue implantado em 2019 que agora estende-se até o 8º ano, a fase mais longa tem ferramentas que potencializam o conhecimento e estimulam o gosto dos alunos pela aprendizagem, como a Robótica Educacional, que incentiva o trabalho em equipe, a compreensão de conteúdos e a participação nas Olimpíadas do Conhecimento.

Nas principais Olimpíadas Brasileiras, 33 alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio receberam medalhas e menções honrosas, comprovando o sucesso do projeto “Aluno Olímpico”. Na primeira semana de dezembro dois estudantes do Ensino Médio participam da Jornada Espacial em São José dos Campos – SP.

Outra atividade exclusiva da escola, é a participação dos alunos do 9º ano ao Ensino Médio no Programa de Iniciação Científica em parceria com a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), que promove a inserção dos estudantes nos projetos e pesquisas da Universidade. Em 2019, alguns deles foram escolhidos para a 70ª reunião da SBPC, o maior encontro científico da América Latina.

 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com gasolina mais cara, inflação volta a subir em Campo Grande
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença
Avó de esposa de Bolsonaro continua internada com coronavírus
MPMS vai investigar denúncias de irregularidades em ‘curso de bombeiro mirim’ em Campo Grande
Proibida de participar de licitação, empresa ganha pregão de R$ 60 milhões com a Sefaz-MS
Presidente da Bolívia testa positivo para covid-19
Duas jovens paulistas são presas em MS com malas recheadas de maconha
OMS manda especialista para investigar origem da Covid-19 na China
Frio começa a ir embora no fim de semana em Mato Grosso do Sul
Exame particular da covid-19 pode custar entre R$ 160 e R$ 300 na Capital